Parceria

UFPB realiza evento com Ministério da Igualdade Racial e apresenta dados socioeconômicos de grupos raciais, na Paraíba

A UFPB realiza o encontro no Miniauditório I - Bloco da Pós-Graduação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), das 9h às 17h30, e é aberto ao público.

UFPB, evento, Ministério da Igualdade Racial, dados, socioeconômicos, grupos raciais, Paraíba

O encontro acontece na próxima segunda-feira (Foto: Reprodução)

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) realiza, na próxima segunda-feira (29), um encontro interinstitucional com o Ministério da Igualdade Racial. Nele, serão apresentados e validados indicadores e bases de dados socioeconômicos estratificados por grupos raciais, desenvolvidos pelo Laboratório de Estudos em Modelagem Aplicada (LEMA) como demanda e em parceria com o Ministério, para impulsionar o cumprimento da ODS Racial da Agenda 2030 da ONU.

O encontro, que acontece no Miniauditório I – Bloco da Pós-Graduação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), das 9h às 17h30,  é aberto ao público, mas as vagas são limitadas. As inscrições podem ser feitas no SIGEventos

Pedro Henrique Medeiros Vieira, aluno de Ciência de Dados para Negócios na UFPB e pesquisador bolsista no LEMA, observou que, atualmente, tornou-se imprescindível o uso de dados para monitoramento, diagnóstico e inteligência analítica para impulsionar a solução de qualquer tipo de problema. 

“Dito isso, como um laboratório focado em Modelagem Aplicada e Ciência de Dados, fomos demandados para desenvolver indicadores socioeconômicos estratificados por grupos raciais e um banco de dados com base nisso. Ao fim desse processo, também desenvolveremos uma plataforma de visualização dos indicadores, que serão alimentados com os dados da base desenvolvida, o que permitirá o monitoramento e a comunicação dos indicadores de igualdade racial para apoiar qualquer tomada de decisão”, explicou.

Este é o primeiro encontro, que vem sendo planejado há cerca de 3 meses, e a equipe já planeja outros com base no desenvolvimento do projeto. “A ideia é validar os indicadores, bases de dados e metodologias usadas até o momento”, disse. O coordenador geral do LEMA e líder do projeto é o professor Aléssio Tony do Departamento de Economia.

Confira também

Servidores do Estado recebem salários a partir do dia 29; confira calendário completo

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Aposta de Campina Grande ganha quase R$ 50 mil na Mega-Sena

2

Paraíba

Prefeitura de Barra de São Miguel tem contas reprovadas pelo TCE por não cumprir gasto mínimo em educação

3

Paraíba

Moradores de Jacaraú apostam carros para acertar eleição de vereador: “meu Siena contra a Parati dele”

4

Paraíba

Bombeiro que comandou força-tarefa da Paraíba relata desastre no Rio Grande do Sul: “cena apocalíptica” 

5

Paraíba

Prefeitura de Santa Rita vai torrar R$ 1,1 milhão por show de Gusttavo Lima; gasto com São João chega a R$ 5,5 milhões e ainda faltam 56 atrações