Gaeco e TCE

Operação Fake Loan: Prefeito de Curral de Cima é acusado de ameaçar funcionários para fazer empréstimos falsos

A operação tomou por base investigações da auditoria do Tribunal de Contas do Estado do Paraíba (TCE-PB), que juntou-se às apurações do Ministério Público do Estado.

operação

A Operação Fake Loan (Empréstimo Falso), deflagrada nesta segunda-feira (18) pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público (MPPB), investiga o prefeito de Curral de Cima, Totó Ribeiro. Conforme verificou o ClickPB, ele é acusado de ameaçar funcionários comissionados e contratados para fazerem empréstimos falsos.

A operação tomou por base investigações da auditoria do Tribunal de Contas do Estado do Paraíba (TCE-PB), que juntou-se às apurações do Ministério Público do Estado, para deflagrar a primeira fase da operação, comandada por uma força tarefa entre a Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa (CCRIMP) e o (Gaeco), com o apoio da Polícia Militar da Paraíba e o respaldo do próprio TCE-PB.

Esta operação, conduzida com rigor e respaldo legal, surge como resposta determinada às investigações que apontam para sérios ilícitos na gestão pública da cidade de Curral de Cima (PB). Há indicativo de coação a servidores municipais, especialmente comissionados e prestadores de serviço, a contrair empréstimos consignados, cujo produto era destinado, na maior parte, aos agentes públicos investigados.

Operação revela métodos fraudulentos

Os métodos fraudulentos incluíam a manipulação de contracheques dos servidores, com a inserção de valores fictícios para aumentar artificialmente a margem consignável, bem como concessão de gratificações em valores compatíveis às parcelas dos empréstimos, que, ao final, eram custeadas pela própria Prefeitura.

Nesta fase inicial da operação, foram cumpridos três mandados judiciais de busca e apreensão em endereços relacionados a dois investigados, além da própria Prefeitura Municipal de Curral de Cima. As diligências abrangeram o Gabinete do Prefeito, a Secretaria de Controle Interno, a Secretaria de Administração e a Secretaria de Finanças.

O trabalho conta com a atuação conjunta de 20 integrantes do Ministério Público da Paraíba, entre integrantes e servidores da CCRIMP e do Gaeco-PB, somados a 20 policiais militares e 4 auditores de Controle Externo do TCE/PB, totalizando aproximadamente 44 agentes públicos empenhados nesta ação determinante para a integridade da gestão pública e o combate incansável à corrupção em nosso estado.

Leia mais:

Operação
Operação do Gaeco cumpriu mandados em Curral de Cima. (foto: divulgação/TCE-PB)
Operação
Gaeco cumpre operação em Curral de Cima. (foto:divulgação/Gaeco)

COMPARTILHE

Bombando em Notícias Policiais

1

Notícias Policiais

Polícia prende quatro suspeitos de ataque a tiros em comunidade de Lucena, na Grande João Pessoa

2

Notícias Policiais

Freio de carreta estacionada falha e veículo atinge casa às margens da BR-230, em Santa Luzia

3

Notícias Policiais

Mais um restaurante é embargado no Seixas após ser flagrado com irregularidades durante fiscalização da Sudema

4

Notícias Policiais

Polícia frustra assalto a carro-forte em Malta, prende dupla e apreende fuzis após troca de tiros; dois bandidos estão foragidos

5

Notícias Policiais

Operação prende mais dois suspeitos de estupros na Paraíba; crimes foram em Cabedelo e Juazeirinho