Justiça

Pedido de prisão contra médico flagrado agredindo esposa é redistribuído para Vara da Violência Doméstica

Informação foi trazida nesta quarta-feira pelo jornalista Clilson Júnior, durante o programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

Pedido de prisão contra médico flagrado agredindo esposa é redistribuído para Vara da Violência Doméstica

Médico foi filmado agredindo a ex-esposa — Foto:Reprodução

O pedido de prisão contra o médico João Paulo Casado, filmado agredindo a ex-esposa em um condomínio no Bairro do Estados, em João Pessoa, foi redistribuído para a Vara da Violência Doméstica da Capital. A informação foi trazida nesta quarta-feira (13) pelo jornalista Clilson Júnior, durante o programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

Como acompanhado pelo ClickPB, o pedido de prisão feito pela Delegacia da Mulher estava sendo analisado pelo juiz plantonista Bruno César Isidro. No entanto, ele optou por encaminhar o pedido para a Vara da Violência Doméstica de João Pessoa.

Como visto pelo ClickPB, Clilson Júnior informou que a juíza que recebeu o pedido solicitou que o Ministério Público da Paraíba (MPPB) se manifeste sobre o caso. Com isso, a expectativa é de que uma resposta sobre o pedido de prisão ocorra ainda nesta quarta-feira.

O crime

As agressões do médico vieram à tona após a divulgação de imagens de câmeras de monitoramento de um condomínio do Bairro dos Estados, que flagrou os atos criminosos do médico, que ocorreram em agosto de 2022.

Nas imagens, é possível ver o médico agredindo a companheira em dois momentos: um, na chegada ao condomínio, dentro de um veículo. Outro momento é dentro do elevador. Neste último momento, chama atenção a brutalidade da ação e que enquanto agride a esposa o médico está com uma criança, que seria filho do casal, no braço.

Após a divulgação do caso, o médico foi exonerado do cargo de diretor técnico do Trauminha, da Prefeitura de João Pessoa, e de um cargo que ocupava no Hospital de Emergência e Trauma da Capital. O Corpo de Bombeiros Militar, onde ele também trabalha, repudiou as agressões e informou que aguarda a investigação do caso para tomar outras medidas.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias Policiais

1

Notícias Policiais

Jovem é preso em João Pessoa suspeito de tentar vender aparelho roubado, usado por dermatologistas, avaliado em R$ 12 mil

2

Notícias Policiais

Gaeco e Polícia Militar deflagram nova fase de operação e cumprem 20 mandados na Paraíba

3

Notícias Policiais

Cinco pessoas são presas com drogas e maquinetas para vender drogas no Centro de João Pessoa

4

Notícias Policiais

Homem é preso suspeito de estuprar a própria irmã durante cinco anos, na Paraíba

5

Notícias Policiais

Ministro do STJ manda soltar ex-diretor do presídio de Cajazeiras acusado de participação em esquema de soltura de presos