Transparência

64 prefeitos se aproveitam do recesso do TCE-PB e escondem dados do Sagres por até 15 dias

Entre os 64 prefeitos paraibanos na mira do Tribunal de Contas pelo atraso na atualização, que deve ser diária, o que mais se destaca é o de Arara, José Ailton Pereira da Silva.

TCE, TCE-PB, Nominando Diniz, pejotização

Nominando diz que está se fugindo da contratação excepcional de interesse público para contratação por pejotização. (Foto: Walla Santos)

Tem 64 prefeitos paraibanos que aproveitaram o recesso do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) para deixar de atualizar os dados públicos que devem constar no Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres). O ClickPB verificou que tem prefeitura há 15 dias sem colocar as informações no sistema e estão sujeito a multas.

O Sagres on-line é uma importante ferramenta de controle social que o TCE-PB oferece à sociedade, para que esta possa fiscalizar a aplicação dos recursos públicos do Estado e dos municípios.

Esses 64 prefeitos paraibanos precisam atualizar, por exemplo, entre os dados a serem inseridos na ferramenta, os gastos das prefeituras com festas e pagamentos de cachês de artistas. Como tem acompanhado o ClickPB, essas informações estão atrasadas em muitas prefeituras.

Durante sessão nesta quarta-feira (31), o presidente do TCE-PB, Nominando Diniz, disse que as prefeituras em atraso com a atualização dos dados estão sujeitos a multa. “Todos sujeitos a penalidades pecuniárias”, disse.

64 prefeitos paraibanos na lista do TCE-PB

Entre os 64 prefeitos paraibanos na mira do Tribunal de Contas pelo atraso na atualização, que deve ser diária, o que mais se destaca é o de Arara, José Ailton Pereira da Silva, que há 15 dias não atualiza os dados do Sagres, segundo informou o presidente Nominando Diniz. Santa Inês, que tem como prefeito Felix Henrique Leite Vieira, está sem atualização há dez dias.

Clique aqui e assista a sessão completa do TCE-PB nesta quarta-feira.

Outros prefeitos paraibanos sem atualizar o Sagres

A lista de prefeituras sem atualizar o Sagres segue da seguinte forma, como informou Nominando Diniz.
Alagoinha, Aroeira, Barra de São Miguel, Boa Ventura, Campina Grande, Caraúbas, Conde, Cuité, Curral de Cima, Gurinhém, Gurjão, Ingá, Itatuba, Juarez Távora, Lagoa, Lastro, Marcação, Mato Grosso, Nova Olinda, Pedra Lavrada, Pedro Régis, Pilões, Pitimbu, Riacho dos Cavalos, Salgado de São Félix, São Domingos do Cariri, São João do Cariri, São Vicente do Seridó, Serraria e Vieirópolis.

Massaranduba, Piancó e Poço José de Moura. Itabaiana, Sumé, Cabaceiras, Mari, Picuí, São João do Cariri, Serra Branca, Serra da Raiz, Umbuzeiro, Brejo do Cruz, Duas Estradas, Lagoa Seca, Monteiro, Nova Floresta, Prata, Joca Claudino, São Bento, São Sebastião do Umbuzeiro, Esperança, Poço Dantas, Puxinanã, Riachão do Poço Barra de Santa Rosa, Congo, João Pessoa, Marizópolis, Mulungu, Nova Palmeira e Sapé.

Leia também:

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

Prefeitura de Parari vai torrar quase R$ 650 mil na compra e montagem de pneus

2

Política

Familiares, amigos e autoridades se despedem do ex-deputado Agassis Almeida em velório na Assembleia

3

Política

Lula cobra Haddad e diz que ministro tem que dialogar com Congresso ‘em vez de ler livro’

4

Política

Servidores do Estado recebem salários a partir do dia 29; confira calendário completo

5

Política

Nilvan Ferreira escanteia Walber Virgolino em Cabedelo e diz que está construindo aliança com Vitor Hugo para 2026