Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Discordância

Anísio Maia diz que intervenção do PT nacional é violência política e que não vai desistir de candidatura

O deputado Anísio Maia afirmou que não vai aceitar, sob nenhuma hipótese, apoiar Ricardo Coutinho.

Anísio Maia diz que vai recorrer para manter candidatura (Foto: Reprodução/assessoria)

Por

O deputado Anísio Maia, que teve sua candidatura a prefeito de João Pessoa retirada pelo diretório nacional do PT, afirmou ao ClickPB que não tem ''a menor possibilidade de desistir''.

Anísio Maia considerou que a intervenção do diretório nacional do partido é uma violência política contra o processo democrático que foi conduzido pelo diretório municipal do PT, sob a presidência de Giucélia Figueiredo.

''Não vamos aceitar, vamos recorrer da forma jurídica cabível, já temos gente trabalhando nisso'', afirmou. Anísio contou que o diretório municipal do PT irá se reunir às 11h desta quinta-feira (17) para definir de qual forma será feito o enfrentamento à decisão do diretório nacional. Eles devem emitir uma nota logo em seguida.

Segundo o deputado, ''o PT e o PCdoB estão unidíssimos''. Ele garantiu ainda, que Ricardo Coutinho não terá o voto de ninguém do partido.

LEIA MAIS:



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Devido à pandemia, vereador de João Pessoa apresenta projeto que pede congelamento do IPTU em 2021

Em visita à Paraíba, Baleia Rossi sai convencido de maioria da bancada, defende vacina e critica negacionismo

Veneziano Vital reassume mandato no Senado Federal e revela que fará novo exame após suspeita de Covid-19

Daniella Ribeiro retorna ao Senado Federal após quatro meses de licença e destaca prioridade no combate à pandemia