Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Sessão

Assembleia vota nesta quarta-feira projetos que obrigam uso de máscara e dão descontos em mensalidades

Dois projetos importantes serão votados na sessão virtual desta quarta-feira (29), que começa às 10h.

Sessão será realizada nesta quarta-feira de modo virtual (Foto: Walla Santos/ClickPB)

Por

A Assembleia Legislativa da Paraíba vota, em sessão virtual nesta quarta-feira (29), projeto de lei, de autoria do deputado Chió, que pode tornar obrigatório o uso de máscaras em locais públicos de toda a Paraíba. Os deputados votarão também o projeto de lei que prevê a repactuação provisória dos contratos de escolas, cursinhos e universidades.

Caso seja aprovado o projeto do deputado Chió, os paraibanos terão que usar máscaras em ruas, praças, parques, praias, meios de transporte coletivo e individual, repartições públicas, hospitais, supermercados, farmácias, padarias, agências bancárias, além de outros estabelecimentos comerciais. Quem desobedecer estará sujeito a multa.

Já o projeto das mensalidades, como está sendo chamado, é de autoria dos deputados Ricardo Barbosa, Adriano Galdino, Lindolfo Pires e Estela Bezerra. O projeto prevê que as instituições de ensino que não estejam oferecendo aulas remotas deem descontos nas mensalidades. As instituições que oferecem aulas remotas também teriam que oferecer os descontos, mas em menores proporções.

Além disso, alunos matriculados nas instituições de ensino abrangidas por esta lei e que possua deficiência intelectual, visual, auditiva ou outra que dificulte ou o impeça de acompanhar as aulas e atividades educacionais de forma remota, fica assegurada a repactuação de 50% de desconto na mensalidade.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Câmara de Bayeux tem 10 dias para realizar eleição indireta e escolher novo prefeito

Bolsonaro volta a criticar governadores que pedem ajuda emergencial permanente

Gilmar volta a criticar governo e diz que situação só não é pior em razão do SUS e dos governadores

Sai João Gonçalves e entra Jutay Menezes na Secretaria de Articulação Política da Paraíba; veja outras mudanças