Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

'Fofoca'

Bolsonaro nega ‘lista negra’ com traidores do PSL e cobra transparência no partido

O presidente reclamou da cobertura da imprensa que, de acordo com ele, “só vê coisa ruim” e o tempo todo dá “pancada”. “Será que é justo o tempo todo só pancada no presidente, só vê coisa ruim?”

Durante coletiva de imprensa, Bolsonaro disse que a informação não passa de fofoca (Foto: Reprodução)

Por

Um dia após a divulgação da informação sobre uma ‘lista negra’ de traidores dentro do PSL do presidente Jair Bolsonaro, ele desmentiu o fato em entrevista à imprensa. Nesta quarta-feira (16), durante coletiva de imprensa, Bolsonaro disse que a informação não passa de fofoca.

“Eu não tenho falado nada do PSL. Zero. Zero. Zero. O tempo todo fofoca, que estou elegendo traidores para lá, para cá. O partido está com a oportunidade de se unir na transparência”, declarou o presidente. Ele ainda afirmou que “devo ao partido, sim, minha eleição. Sei que tinha outros partidos à disposição, mas briga não é essa”.

O presidente reclamou da cobertura da imprensa que, de acordo com ele, “só vê coisa ruim” e o tempo todo dá “pancada”. “Será que é justo o tempo todo só pancada no presidente, só vê coisa ruim?”

A principal cobrança de Bolsonaro nesta quarta-feira (16) foi em relação à transparência. “O partido está com a oportunidade de se unir na transparência. Não tem um lado A ou um lado B. O presidente falou em transparência. Eu falei, sim, em transparência. Então, vamos mostrar as contas. E não ficar, como a gente vê notícias por aí, de expulsa de lá, tira da comissão, vai retaliar”, disse Bolsonaro.

O site O Antagonista publicou os nomes de sete deputados e um senador do PSL que teriam sido apontados como traidores dentro do PSL, de acordo com o que havia sido citado pelo O Globo. Na lista, estava o deputado federal paraibano Julian Lemos. Além dele, os parlamentares listados são o Delegado Waldir, Júnior Bozzella, Joice Hasselmann, Nelson Barbudo, Nereu Crispim, Felipe Francischini e Major Olímpio.




Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Sentença que absolveu ex-prefeito de Sousa é mantida e contrato de iluminação pública é considerado legal

Justiça nega pedido da defesa e mantém prisão preventiva de Ivan Burity

Alcolumbre deve consultar líderes sobre "nova Constituinte"

Ministro do STF notifica paraibano Julian Lemos para explicar ofensas a advogados de Bolsonaro