Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Carlos Roberto Fortner

Bolsonaro nomeia aliado de Kassab para instituto de tecnologia da informação

A designação de Carlos Roberto Fortner foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União nesta quarta-feira (3), em portaria assinada pelo ministro Walter Braga Netto (Casa Civil).

Fortner é próximo de Kassab. Ele presidiu os Correios no governo Michel Temer, quando a empresa estava sob a esfera de influência do PSD. (Foto: Reprodução)

Por

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em mais um gesto a partidos de centro no Congresso, o presidente Jair Bolsonaro nomeou um aliado do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab para o cargo de diretor-presidente do ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação).

A designação de Carlos Roberto Fortner foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União nesta quarta-feira (3), em portaria assinada pelo ministro Walter Braga Netto (Casa Civil).

A mesma portaria traz a exoneração de Marcelo Amaro Buz do cargo.

Fortner é próximo de Kassab. Ele presidiu os Correios no governo Michel Temer, quando a empresa estava sob a esfera de influência do PSD.

Ele também foi secretário do Verde e Meio Ambiente de São Paulo durante a gestão Kassab.

Não é o primeiro espaço que Bolsonaro abre para o partido do ex-prefeito de São Paulo, em meio às negociações com legendas para a formação de uma base de apoio no Congresso.

O PSD nega fazer parte oficialmente do grupo de partidos chamado de centrão, que reúne, por exemplo, PP, PL, Republicanos.

No final de maio, o governo Bolsonaro nomeou o comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Giovanne Gomes da Silva, para ocupar a presidência da Funasa, fundação vinculada ao Ministério da Saúde e que responde por ações de saneamento básico para prevenção e controle de doenças em cidades de pequeno porte e áreas rurais.

Apesar de ser um coronel da PM, Gomes da Silva foi indicado pelo líder do PSD na Câmara, Diego Andrade (MG). Segundo parlamentares aliados de Andrade, o policial e o deputado são amigos de longa data.

De acordo com pessoas próximas, o líder quis indicar um nome de sua confiança, mas com o perfil do governo Bolsonaro.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Seis candidatos concorrem à eleição indireta para Prefeitura de Bayeux na próxima semana

Jefferson Kita e presidente da Câmara, Inaldo Andrade, protocolam chapas para disputar cargo de prefeito na eleição indireta de Bayeux

Luciano Cartaxo oferece Edilma Freire como vice de Nilvan Ferreira em troca de apoio para 2022

Cícero Lucena nega negociação de vice com Maranhão, mas destaca que toda conversa faz parte do processo democrático