Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Sem diálogo

Bruno Cunha Lima diz que não recebe Lula em Campina Grande durante campanha: "Bolsonaro é que é o presidente do país"

De acordo com o prefeito, apenas o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seria recepcionado na cidade por exercer o cargo.

Prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima. (Foto: Walla Santos)

Por

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSDB), afirmou na manhã desta quarta-feira (13) que não receberia o ex-presidente da República Lula na cidade durante a campanha para as eleições de 2022. De acordo com o prefeito, apenas o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seria recepcionado por exercer o cargo.

"Eu não teria por que receber o ex-presidente Lula. Bolsonaro é que é o presidente do país e eu recebo o presidente da República. Eu fui eleito para governar Campina nos mais diferentes aspectos. Sou oposição política ao governador João Azevêdo e isso não me impede de termos um diálogo respeitoso e institucional. Portanto, eu converso com o governo de Jair Bolsonaro", disse.

A declaração do prefeito foi dada durante a realização de um pacote de 40 serviços públicos no bairro de Santa Rosa. Segundo Bruno, a prefeitura vai dialogar de forma institucional com qualquer candidato que venha a ser eleito presidente nas próximas eleições. "Campina não é uma ilha, que consegue viver sozinha, sobretudo do Governo Federal. Então, não tem razão de falar em receber o ex-presidente Lula. Recebo o presidente Bolsonaro, institucionalmente", concluiu.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Lula vê Brasil encalacrado e cobra aliados na trincheira de sua campanha em 2022

'Jamais vou exigir o passaporte de vacina', diz Bolsonaro a apoiadores

Efraim Filho é cotado como possível candidato a vice-presidente de Sérgio Moro, revela colunista

Sem opções na oposição, PTB fecha questão e decide lançar Nilvan Ferreira como pré-candidato ao Governo da Paraíba