Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Na Assembleia Legislativa

Cabo Gilberto volta atrás e diz que vai se vacinar após ser levado ao Conselho de Ética da ALPB por infringir norma sanitária

Sem data específica, o deputado afirmou que vai se vacinar "o quanto antes". Resolução aprovada na última semana estabeleceu que os servidores do Poder Legislativo devem ter tomado as duas doses para ter acesso às instalações internas.

Deputado estadual Cabo Gilberto.

Por

A primeira sessão híbrida da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) após o início da pandemia foi marcada pelo debate sobre o cumprimento da resolução aprovada na última terça-feira (28) que determinou que os servidores da Casa Legislativa devem entrar somente com a comprovação de vacinação, com as duas doses recebidas.

O deputado cabo Gilberto (PSL), que não se vacinou e vinha criticando a norma da Assembleia, entrou no plenário apresentando um teste Swab com resultado negativo para covid-19 e disse que iria se vacinar. 

A decisão do parlamentar aconteceu após o presidente do Poder Legislativo, Adriano Galdino (PSB), afirmar que iria enviar uma representação contra o líder da oposição no Conselho de Ética por descumprir o regimento interno.

"Eu sempre defendi as vacinas. O que eu sou contra é a obrigatoriedade delas. Eu tenho 40 anos e graças a Deus não tenho nenhuma comorbidade até a data de hoje, mas vou me vacinar. Vou tomar o quanto antes", garantiu.

O deputado Hervárzio Bezerra (PSB) chegou a pedir uma questão de ordem para suspender a sessão em razão da presença do parlamentar não vacinado. A maioria, no entanto, votou pela manutenção da sessão. Em seguida, Hervázio e João Gonçalves decidiram sair do plenário. 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2022 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Nove deputados federais da Paraíba disputam reeleição em 2022; confira concorrentes

Cícero Lucena lança cartilha em João Pessoa com regras para secretários e servidores no período eleitoral

Bruno Roberto impugna candidatura de Ricardo Coutinho a senador; ex-governador está inelegível

Candidatos ao Governo da Paraíba declaram bens à Justiça Eleitoral e valores variam de R$ 6 mil a R$ 1,4 milhão; três não deram informações