Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Lucas Romão

Candidato a prefeito de Pedras de Fogo é proibido de fazer atos de campanha por três dias após descumprir acordo judicial

Candidato realizou passeata e utilizou paredões de som, descumprindo acordo sobre a propaganda eleitoral.

Candidato foi punido com três dias sem poder realizar atos de campanha (Foto: Reprodução)

Por

O candidato a prefeito do município de Pedras de Fogo pelo partido Cidadania, Lucas Romão, foi proibido de realizar atos de campanha durante três dias após descumprir um acordo judicial. A decisão é da juíza Higyna Josita de Almeida e foi publicada nesta quarta-feira (30).

Lucas Romão teria realizado uma passeata utilizando paredões no último domingo (27) menos de 72 horas depois de firmar acordo sobre propaganda eleitoral, que foi realizado na última quinta-feira (24). 

O acordo, que foi assinado por todos os candidatos, deixou expresso que não deveria haver passeata no primeiro dia de campanha, que foi justamente o domingo (27).

Na decisão, a juíza afirmou que só poderão ser realizadas passeatas caso se garanta o distanciamento mínimo com espaço de 2m² por pessoa, com controle de acesso e aparato de higienização, além do uso de máscaras por todos os participantes.

A juíza também advertiu que a prática de gastos irregulares de campanha, com a realização de propagandas proibidas, pode ser punida.

Confira abaixo a decisão:



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Giucélia diz que PT em João Pessoa cumpriu ritos internos ao manter candidatura de Anísio e que nunca se sentiu afastada da presidência

Gleisi Hoffmann acusa Anísio Maia de romper com democracia e diz que Ricardo Coutinho é alvo de armação

Produtores de eventos criticam secretário de Saúde de João Pessoa por tratamento diferenciado com o setor; confira nota e vídeo

Justiça eleitoral determina que coligação de Edilma Freire não poderá promover eventos de campanha com aglomeração sob pena de multa de R$ 10 mil