Reclamação

“Comboio da baixaria”, diz Eliza Virgínia sobre vídeo de ‘Arthur, o Urso’ com mulheres seminuas em João Pessoa; vereadora cobra punição

“Comboio da baixaria. Pouca vergonha”. Um dos argumentos da vereadora é de que 'Arthur, o Urso' quer trazer turismo sexual para João Pessoa.

Primeira, Comboio, Eliza, Pronta

Eliza Virgínia (Foto: reprodução)

“Comboio da baixaria. Pouca vergonha”. Essa é a análise da vereadora Eliza Virgínia sobre o vídeo de ‘Arthur, o Urso’ com mulheres nuas na Orla de João Pessoa. O influenciador virou alvo não só da vereadora, mas da Justiça. O Ministério Público da Paraíba (MPPB) pediu que ele seja investigado pela Polícia Civil por atentado ao pudor.

Como visto pelo ClickPB, a vereadora argumentou que João Pessoa é conhecida por ser uma cidade pacata e tranquila. No entanto, para ela, os atos de Arthur vão acabar trazendo o turismo sexual para a Capital.

“Quem está querendo atrair turistas sexuais para nossa cidade é o tal do Arthur. Saiu esse final de semana com seu comboio da baixaria, com as garotas se exibindo, tirando calcinha, seminuas e abrindo as pernas. Que baixaria, que pouca vergonha. Arthur, você está na mira da Justiça. Pessoenses, denunciem, chamem a polícia. Promiscuidade tem que ser tratada na cadeia”, afirmou a vereadora, como notado pelo ClickPB.

Ainda segundo Eliza, ela deve fazer uma denúncia sobre o caso na Câmara de Vereadores e também acompanhará o processo em andamento no MPPB e na Polícia Civil.

Entenda o caso

O influenciador digital “Arthur, o Urso” deverá prestar depoimento na Polícia Civil e se explicar pelo crime de ato obsceno. Isso porque circulam nas redes sociais imagens dele desfilando com oito mulheres nuas na orla de João Pessoa. A informação foi confirmada pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social do Estado da Paraíba.

A reportagem apurou que a situação envolvendo Arthur ocorreu na última semana e no conteúdo ele surge com ao menos cinco mulheres em bicicletas de passeio nos trechos da orla que cortam os bairros de Tambaú e Cabo Branco.

De acordo com o secretário de segurança do estado, Jean Nunes, Arthur e as mulheres que estão no conteúdo devem ser intimados ainda hoje “para responder pelos crimes praticados de ato obsceno e atentado violento ao puder, a depender de cada conduta”.

Veja abaixo o vídeo com o ‘comboio da baixaria’, como afirmou a vereadora:

Leia também:

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

Pedrito desiste de disputar Prefeitura de Santa Rita e anuncia apoio a Nilvan

2

Política

Academia Paraibana de Letras Jurídicas da Paraíba tem duas chapas para a eleição

3

Política

Mersinho Lucena revela sonho de ser prefeito de João Pessoa ou Cabedelo

4

Política

Governo e Congresso concordam em pedir ao STF mais prazo para solucionar desoneração da folha

5

Política

Celso Batista afasta possibilidade de desistência de pré-candidatura, em meio a apoio de ala do PSOL a Cartaxo