Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Em ofício

Desembargador paraibano alerta Gilmar Mendes sobre risco de soltar Coriolano, diz O Antagonista

Segundo matéria do site O Antagonista, Ricardo Vital de Almeida enviou ofício ao STF falando sobre o risco de conceder habeas corpus a Coriolano.

Coriolano Coutinho tenta habeas corpus no STF (Foto: Walla Santos/Click PB)

Por

O desembargador da Paraíba Ricardo Vital de Almeida, que prendeu Coriolano Coutinho no ano passado, enviou a Gilmar Mendes um alerta sobre o risco de soltar o irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, apontado como chefe do esquema que desviou R$ 134 milhões do estado. As informações são do site O Antagonista.

De acordo com a matéria publicada pelo site, em ofício encaminhado ao habeas corpus de Coriolano no Supremo Tribunal Federal, o magistrado diz que, além de responsável pela coleta de propinas, ele também tem poder de intimidar testemunhas com dossiês ou mesmo atos de violência, “pelo domínio que exerce sobre as forças policiais”. 

Coriolano regeria um “ecossistema de laranjas” para ocultar a origem dos bens e valores desviados no esquema de corrupção.

“Existe risco concreto de o investigado interferir nas investigações, mediante contato ou ameaças a pessoas, testemunhas e investigados, inclusive ocultando ou fazendo ocultar elementos de prova importantes à elucidação dos fatos investigados na Operação Calvário”.

Além de habeas corpus de Coriolano, cabe a Gilmar Mendes decidir sobre pedidos de liberdade de outros oito investigados no escândalo.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Governador João Azevêdo é vacinado com terceira dose contra Covid-19

Veneziano e Aguinaldo Ribeiro se reuniram em gabinete no Senado para discutir chapa majoritária com governador em 2022

Auditor do TCE-PB denunciado na Operação Calvário é demitido do cargo

Prestes a chegar na Paraíba, João Dória não cita Romero Rodrigues como candidato no estado e diz que PSDB ainda discute alianças