Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Sem resposta

Em Campina Grande, Bolsonaro diz que não irá polemizar com ex-presidente Lula

O presidente não quis responder acusações feitas por Lula quando deixou a prisão. Ele também evitou comentar ausência de Julian Lemos no evento.

Bolsonaro está em Campina Grande para entrega do Residencial Aluízio Campos (Foto: Reprodução)

Por

Em Campina Grande, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que não iria polemizar com o ex-presidente Lula, libertado da prisão na última sexta-feira (8), após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que declarou inconstitucional a prisão de condenados em segunda instância. “Não vou polemizar com condenado”, disse ele após ser indagado pelo repórter Maurílio Júnior, do Portal Mais PB.

Em seu primeiro discurso após ser solto, Lula afirmou que Bolsonaro governa para milicianos, mas o presidente disse que não responderá às acusações. Ele também não quis falar sobre a PEC que vai analisar a prisão em segunda instância no Congresso
Nacional. “Eu não voto e o parlamento tem completa independência”.

Sobre as ações do governo, o presidente disse que a prioridade “é concluir as obras, e não começar nada novo”. 

Ao lado do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto; do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues; do líder da bancada federal, Efraim Filho; e de várias outras autoridades, o presidente evitou comentar a ausência do presidente do PSL na Paraíba, o deputado federal Julian Lemos, que costumava ser um de seus maiores aliados.

O deputado paraibano, porém, tem estado em atrito com os filhos do presidente e declarou que não participaria do evento, que conta da presença de políticos envolvidos em acusações de corrupção.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Cidadania de João Pessoa convoca reunião com membros do Diretório Municipal para decidir estratégias para campanha eleitoral

Berg Lima renuncia ao cargo de prefeito de Bayeux

Gaeco denuncia Ricardo Coutinho, Coriolano, Valéria Coutinho, Livânia, Laura Caldas, Ivan Burity e cunhado do ex-governador por desvio de dinheiro para obra em prédio do Canal 40

Berg Lima vai até a Câmara de Bayeux entregar carta de renúncia, mas presidente se nega a receber documento após fim do expediente