Punição

Ex-secretário da Paraíba é responsabilizado em débito solidário de R$ 1,6 milhão

Ex-secretário Aléssio Trindade, junto com o ex-gestor do Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão de Saúde (Insaúde), Nelson Alves, foram alvos do TCE-PB.

Aléssio, Ex-secretário

Aléssio Trindade (Foto: reprodução)

O ex-secretário de Educação da Paraíba, Aléssio Trindade, e o ex-gestor do Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão de Saúde (Insaúde), Nelson Alves, foram imputados em débito solidário de R$ 1.641.375,82. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB).

Como notado pelo ClickPB, a multa é referente a irregularidade da execução do Contrato de Gestão Pactuada nº 061/2017 celebrado entre a Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia e o Insaúde. O contrato teve despesas não documentalmente comprovadas.

Na decisão, a Corte concedeu prazo de 60 dias para a devolução voluntária dos recursos, sob pena de notificação ao Ministério Público Comum para cobrança judicial.

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

Academia Paraibana de Letras Jurídicas da Paraíba tem duas chapas para a eleição

2

Política

Mersinho Lucena revela sonho de ser prefeito de João Pessoa ou Cabedelo

3

Política

Governo e Congresso concordam em pedir ao STF mais prazo para solucionar desoneração da folha

4

Política

Celso Batista afasta possibilidade de desistência de pré-candidatura, em meio a apoio de ala do PSOL a Cartaxo

5

Política

Tárcio Teixeira nega crise no PSOL, mas diz que candidatura própria corre risco