Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Empresário

EXCLUSIVO: Gaeco já monitorava há meses as movimentações na casa de Pietro, alvo da Operação Calvário

As movimentações, visitas e a própria rotina que a casa do empresário Pietro Harley, no bairro de Camboinha II, em Cabedelo, estavam sendo vigiadas há alguns meses.

Mais duas novas fases da Operação Calvário foram deflagradas em João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo e Taperoá (Foto: Clilson Júnior)

Por

Os locais que foram alvos da Operação Calvário já estavam sendo monitorados há meses pela equipe de investigação do Gaeco, conforme informações exclusivas apuradas pelo ClickPB. Mais duas novas fases da Operação Calvário foram deflagradas na manhã desta quinta-feira (04) em João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo e Taperoá.

As movimentações, visitas e a própria rotina que a casa do empresário Pietro Harley, no bairro de Camboinha II, em Cabedelo, estavam sendo vigiadas para levantar dados materiais para a investigação. O ClickPB recebeu uma foto exclusiva da residência que foi feita há alguns meses, sem confirmação da data exata. É possível observar uma rotina normal, inclusive com pessoas tomando banho em uma piscina.

Também era comum a presença de políticos e jornalistas na residência, de acordo com os registros feitos durante a operação.

As duas fases da Operação Calvário deflagradas nesta quinta-feira (04) cumprem três mandados de prisão e 26 mandados de busca e apreensão. Estão sendo investigadas várias fraudes relacionadas à Secretaria de Educação da Paraíba na época em que Ricardo Coutinho era o governador do Estado.

A operação foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (GAECO/MPPB), em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU), os Grupos de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público Federal (GAECO/MPF), do Distrito Federal (GAECO/DF), de Santa Catarina (GAECO/SC) e de São Paulo (GAECO/SP), o Tribunal de Contas da Paraíba (TCE/PB), a Secretaria de Estado da Fazenda da Paraíba (SEFAZ/PB), e as Polícias Civil e Militar da Paraíba.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, deve visitar a Paraíba ainda esta semana

Prefeito de João Pessoa se reúne com ministro da Saúde nesta quarta-feira para discutir vacinação contra a covid-19

Vereadora de Bayeux aponta superfaturamento em aquisição de cestas básicas pela prefeitura e aciona a Justiça

Renan Calheiros é favorito para relatar CPI da Covid-19