Indefinição

Falta de consenso na Executiva Nacional do PT motivou adiamento da decisão sobre candidatura própria do partido em João Pessoa, revela Marcus Túlio

Marcus Túlio, presidente do PT em João Pessoa, explicou que a retirada da pauta de João Pessoa, pela Direção Nacional do partido foi motiva pela falta de consenso entre os membros do Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE).

Após PV e PCdoB dizerem não à candidatura do PT em João Pessoa, Marcus Tulio diz que apoio das siglas será debatido na federação

Marcus Túlio, presidente do PT em João Pessoa, explicou que a retirada da pauta de João Pessoa, pela Direção Nacional do partido foi motiva pela falta de consenso entre os membros do Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE). Uma reunião das lideranças nacionais do partido, nesta segunda-feira (20), iria definir os rumos do PT  nas eleições deste ano. Contudo, a decisão foi adiada novamente e sem nova data.

“Mais uma vez a questão de João Pessoa foi adiada, a reunião da Executiva Nacional vai ocorrer, mas João Pessoa foi retirado de pauta aparentemente pelo fato de que não há um consenso na Executiva Nacional acerca da posição a ser adotada aqui em João Pessoa”, revelou Marcus Túlio.

Ao ClickPB, o presidente Marcus Túlio manifestoi preocupação com a indecisão por parte da Direção Nacional do partido. Apesar dos diálogos com a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, a situação permanece indefinida.

“Nós seguimos aqui aguardando, tenho dito à imprensa, tenho dito à militância do partido, já nos últimos 15 a 20 dias da minha preocupação com o adiamento dessa decisão e dessa posição, acho que a gente precisa ter o mais rápido possível uma decisão por parte da Direção Nacional para que a gente possa encampar a decisão aqui.

Entenda o caso

A executiva nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) adiou novamente a decisão sobre ter ou não candidatura própria em João Pessoa. Nesta segunda-feira (20), o Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE), retirou da pauta a decisão, além disso,  não informou uma nova data para discutir e definir a questão na capital paraibana.

Conforme verificou o ClickPB, a Direção Nacional bateria o martelo sobre os rumos do PT em João Pessoa, em reunião nesta segunda-feira (20), para decidir sobre a candidatura própria. Após muitas discussões, que já se arrastam por meses, o Grupo de Trabalho Eleitoral, retirou da pauta a tal esperada decisão.

Em João Pessoa, o partido tem dois nomes à disposição para a possível vaga de pré-candidato: a deputada estadual Cida Ramos e o Luciano Cartaxo, deputado estadual e ex-prefeito da capital paraibana.

 

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

José Aldemir é condenado e multado em R$ 20 mil pelo TRE-PB por xingamentos contra Chico Mendes

2

Política

Deputada do PL tem mandato cassado por gastar verba eleitoral com harmonização facial

3

Política

Jair Bolsonaro deve ser indiciado pela Polícia Federal no ‘Caso das Joias’

4

Política

Daniella Ribeiro assina protocolo e diz que passo é importante para avanço do programa de combate à violência contra mulher

5

Política

Empossado no Senado, André Amaral diz que será contra o aborto: “não abro mão da defesa da vida”