Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Preso

Flávio do Cabaré deve assumir vaga de Boca Louca na Câmara de Conde

Contra Flávio do Cabaré também pesa o risco de ser transferido para um presídio comum. Os comandantes do 5º BPM e 1º BPM já foram notificados pela Justiça Militar para as transferências.

Flávio do Cabaré foi detido durante protesto na Câmara de Conde e encaminhado ao 5º BPM (Foto: Divulgação)

Por

O suplente Flávio do Cabaré deve assumir a vaga de Fernando Boca Louca, que renunciou nesta sexta-feira (10), mas apenas se conseguir liberdade, pois foi preso no último dia 22 de abril, suspeito de exploração sexual. Ele foi detido durante protesto na Câmara Municipal de Conde e encaminhado ao 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

A esposa de Flávio do Cabaré também foi detida suspeita do mesmo crime. A defesa de Flávio afirma que a expectativa é pela liberdade provisória e que por Flávio ter sido agente penitenciário e desempenhou 'função efetiva' como jurado do Tribunal do Júri da comarca de Conde, ele teve direito a prisão especial.

Saiba mais

Suplente de vereador do Conde é encaminhado para 5º BPM após audiência de custódia

Contra Flávio do Cabaré também pesa o risco de ser transferido para um presídio comum. Os comandantes do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e 1º BPM já foram notificados pela Justiça Militar para que providenciem a transferência dos detidos recolhidos nas duas unidades da PMPB. O coronel Barros informou ao ClickPB que já solicitou as transferências do 5º BPM à Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap).

Renúncia de Boca Louca

O vereador de Conde, Fernando Araújo, conhecido como Fernando Boca Louca, renunciou ao cargo. Ele entregou protocolo de renúncia na tarde desta sexta-feira (10) e é acusado de manter uma funcionária analfabeta do Bolsa Família como laranja e de desviar o salário da 'servidora fantasma'.

As investigações estão sendo coordenadas pelo delegado Allan Terruel, através da Delegacia Contra o Crime Organizado (Decor) da Polícia Civil da Paraíba.

Com a renúncia, o suplente Flávio do Cabaré deve assumir a vaga de Fernando Boca Louca. Flávio foi preso durante protesto na Câmara Municipal de Conde, no dia 22 de abril.

Se o suplente não puder assumir a vaga, o segundo suplente Luiz de Bihino deve tomar posse como vereador.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Senador José Aníbal recebe diagnóstico positivo para Covid-19

Ciro Nogueira omitiu sociedade de três empresas à Justiça Eleitoral, diz site

Bolsonaro recebe resultado negativo de exame para Covid e deve deixar o isolamento

Morre aos 67 anos Carlos Neder, ex-deputado e fundador do PT, vítima de Covid-19