Análise

Jackson Macêdo defende adiamento de decisão do PT sobre João Pessoa e lembra ‘luta’ contra fascismo

A reunião que decidirá o destino do PT já foi adiada várias vezes e ainda não há previsão de uma nova data.

"Cada um que viva suas contradições" diz Jackson Macêdo após foto de Cartaxo com Ricardo

A Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores adiou, mais uma vez, de pauta a análise que vai definir quem vai disputar as eleições 2024 pela legenda, em João Pessoa. O presidente estadual do PT na Paraíba, Jackson Macêdo, justificou o adiamento. Para ele, essa decisão é muito importante e cujo impacto vai além das disputas internas e estaria em jogo seria o crescimento da ideologia fascista no Brasil.

“Não é uma decisão pequena, é uma decisão que tem impacto em 2024 e em 2026. É um processo extremamente duro contra o fascismo no Brasil. Temos uma guerra dura contra a direita e contra o fascismo e isso tem reflexo de 2024 e 2026“.

Atualmente, em João Pessoa, o PT está dividido entre os nomes de Luciano Cartaxo e Cida Ramos, ou apoio à reeleição do prefeito Cícero Lucena (PP).

A reunião que decidirá o destino do partido já foi adiada várias vezes e ainda não há previsão de uma nova data.

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

José Aldemir é condenado e multado em R$ 20 mil pelo TRE-PB por xingamentos contra Chico Mendes

2

Política

Deputada do PL tem mandato cassado por gastar verba eleitoral com harmonização facial

3

Política

Jair Bolsonaro deve ser indiciado pela Polícia Federal no ‘Caso das Joias’

4

Política

Daniella Ribeiro assina protocolo e diz que passo é importante para avanço do programa de combate à violência contra mulher

5

Política

Empossado no Senado, André Amaral diz que será contra o aborto: “não abro mão da defesa da vida”