Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Confusão

João Azevêdo desmente Bolsonaro após presidente afirmar que enviou R$ 21 bilhões para combate à pandemia na Paraíba

Governador afirmou que presidente misturou valores de municípios e outras obrigações federais, de forma a confundir a população.

Governador desmentiu valor de repasses divulgado pelo presidente (Foto: Reprodução)

Por

O governador da Paraíba, João Azevêdo, desmentiu nas redes sociais os valores que foram divulgados pelo presidente Jair Bolsonaro, que seriam de repasses para o Estado em 2020. No Twitter, o presidente divulgou uma lista de repasses do Governo Federal para cada estado e a Paraíba aparece como tendo recebido R$ 21,2 bilhões, além de R$ 6,57 bilhões de auxílio, o que não procede segundo o governador.

''A Paraíba não recebeu R$ 21 bilhões para combater a pandemia'', disse o governador. ''Mais uma vez estão tentando confundir a população, distorcendo valores que incluem FPE, FPM, Auxílio Emergencial, entre outros que são obrigações constitucionais e não podem ser usados no enfrentamento à Covid-19'', completou.

João Azevêdo não foi o único a se queixar da postagem do presidente. Os governadores do Piauí, do Rio Grande do Sul e do Maranhão também reclamaram da forma que Jair Bolsonaro apresentou os números, que, misturando diversas obrigações federais, confunde a população levando a crer que todo o dinheiro poderia ser usado pelos estados no combate à pandemia.

''O presidente da República insiste em agredir a verdade para tentar atingir os governadores. Ele está postando contas malucas sobre recursos enviados aos estados, misturando com municípios, recursos de FPE, FPM, auxílio emergencial etc. Em suma, é um irresponsável'', escreveu o governador do Maranhão, Flávio Dino, nas redes sociais.

Ele afirmou que pretende processar o presidente. ''A mentira federal sobre repasse de recursos ao Estado do Maranhão é tão absurda que o valor 'informado' (R$ 36 bilhões) equivale quase ao DOBRO do orçamento do Estado em 2020. Vamos ter que, mais uma vez, entrar na Justiça por essa vergonhosa fake news'', escreveu Dino.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Senador vai apresentar CPI da Covid ampla, incluindo estados e municípios, e quer apoio de paraibanos

João Azevêdo diz que Senado tem autonomia para investigar, em CPI, o combate à pandemia no Brasil

Pandemia de Covid-19: 'Faltam 9 assinaturas para abrir CPI mais ampla', diz senador

Em cerimônia rápida, Cícero Lucena transmite cargo de prefeito a Leo Bezerra antes de viagem