Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Decisão

Juíza eleitoral manda Wallber Virgolino tirar do ar postagem em que chama Ricardo Coutinho de ladrão e profere ofensas

Ricardo Coutinho recorreu à justiça eleitoral por causa de vídeo de Wallber Virgolino que circula nas redes sociais.

Juíza entendeu que Virgolino se excedeu e feriu honra de Ricardo Coutinho (Foto: Reprodução)

Por

O candidato a prefeito de João Pessoa, Wallber Virgolino (Patriota), deve retirar do ar postagens nas redes sociais em que acusa o também candidato Ricardo Coutinho (PSB) de chefiar quadrilha de tráfico de drogas. A decisão foi tomada pela Juíza da 1ª Zona Eleitoral, Cláudia Evangelina Chianca Ferreira de França.

De acordo com a defesa de Ricardo Coutinho, um vídeo no qual Wallber Virgolino faz diversas ofensas e acusações caluniosas contra o candidato socialista está circulando nas redes sociais desde o último dia 21 de setembro, ou seja, antes mesmo início do período autorizado para a divulgação de propagandas eleitorais, que foi no dia 27 de setembro.

“Não tenho condições de roubar dinheiro da saúde, da educação, de roubar a dignidade e a esperança do povo paraibano. Não tenho coragem de chefiar quadrilha de tráfico de drogas, de estourar banco, de carro forte. Não tenho coragem de matar pessoas inocentes para encobrir safadezas minhas, como queima de arquivo. Não tenho coragem de agredir a minha esposa”, diz Wallber Virgolino no vídeo, insinuando que Ricardo Coutinho teria cometido tais ações.

A juíza eleitoral entendeu que Wallber Virgolino extrapolou no teor da fala, ofendendo a honra do candidato adversário. A defesa de Wallber Virgolino tem dois dias para se manifestar.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

MPF pede explicações da Prefeitura de São João do Tigre por 'show da vitória' e notifica banda Cavaleiros do Forró

Senadora Kátia Abreu é internada em São Paulo para tratamento da Covid-19

Países do G20 debaterão soluções para crise gerada pela pandemia

Romero Rodrigues começa a dividir o governo com Bruno Cunha Lima em Campina Grande