Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Após pedido

Jurídico do PT diz que já esperava pedido de impugnação, prepara defesa e destaca que campanha de Anísio Maia segue legislação

De acordo com Anselmo Castilho, representante do jurídico, o diretório municipal fará a contra argumentação.

Defesa de Anísio Maia tem sete dias para apresentar defesa e contradizer MPE. (Foto: Reprodução)

Por

A defesa da coligação do PT e PCdoB - ‘Unidos por João Pessoa’ informou que já era esperada a manifestação do Ministério Público Eleitoral (MPE) que pediu a impugnação da candidatura de Anísio Maia à Prefeitura Municipal de João Pessoa. O pedido foi divulgado nesta sexta-feira (25). Anísio encabeça a chapa e tem como candidato a vice-prefeito, Percival Henriques. 

De acordo com Anselmo Castilho, o diretório municipal fará a contra argumentação. “Usar o nosso direito de defesa e do contraditório", destacou. Além disso, comentou que viu com naturalidade o pedido do MPE. "O Ministério Público se posicionou nos altos do processo em face de um fato. Então ele se posicionou e nós estamos sendo chamados a colocar as nossas argumentações com relação a esse fato", revelou em entrevista ao ClickPB.

Ainda segundo Anselmo Castilho, após o posicionamento da coligação, o juiz irá julgar. "Nós entendemos que nós agimos e estamos agindo conforme a lei. Isso cabe ao juiz verificar essa regularidade”, ressaltou. A defesa tem sete dias para apresentar defesa e contradizer o Ministério Público Eleitoral.

Leia mais:

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Presidente nacional do PSB diz que portas estão abertas para retorno de João Azevêdo ao partido e que nunca teve problema com o governador

Sandra Marrocos deixa o PT e retorna ao PSB assumindo presidência do diretório Municipal com missão de reestruturar partido

Justiça cassa diplomas de vereadores e suplentes do PV de São José de Piranhas por descumprir quota de gênero nas eleições

Ex-prefeita de Patos, Francisca Motta, e mais sete acusados são inocentados em denúncia de fraude na locação de veículos