Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Veja vídeo

Luiza Erundina comenta na tribuna da Câmara caso de estudante da UFPB assassinado

A deputada reclamou da falta de ação da UFPB e fez apelo aos órgãos de segurança para que elucidem o caso.

Deputada falou sobre o homicídio de Clayton Tomaz (Foto: Reprodução)

Por

A deputada federal Luiza Erundina usou a tribuna da Câmara para comentar o assassinato do estudante da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Clayton Tomaz, conhecido como Alph, que classificou como um crime bárbaro.

Para Luiza Erundina, o estudante de 31 anos era uma 'liderança estudantil'. "Ele foi membro do Conselho Universitário, o órgão máximo daquela universidade, foi coordenador do DCE, foi membro do diretório de estudantes do curso de Filosofia", enumerou.

A deputada reclamou da falta de ação por parte da UFPB. "Aquela universidade nada fez até agora, sequer se manifestou a respeito, alegando que o crime não tinha se dado no âmbito do campus, e que a empresa de segurança é terceirizada", comentou, acrescentando que uma universidade não pode ficar omissa diante de um assassinato bárbaro de um estudante. 

Alph denunciava supostos abusos da empresa terceirizada que faz a segurança da UFPB e relatou diversas vezes nas redes sociais que se sentia ameaçado pelos guardas e sua vida estava em risco.

"Não se sabe a razão, mas com certeza foi abuso de autoridade, excesso de violência", disse Erundina sobre o homicídio. Ela terminou fazendo um apelo ao governador do Estado, o secretário de segurança e a própria UFPB para que se empenhem na investigação do caso, e também a sociedade paraibana, para que cobre respostas sobre o crime.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Bolsonaro usa helicóptero e anda a cavalo para prestigiar ato na Esplanada contra STF e Congresso

Morre aos 89 anos o primeiro prefeito de Cubati, Zezinho Preá, vítima de Covid-19

Provas sobre fake news podem ajudar ações de cassação no TSE

Vereador de João Pessoa convoca população para ajudar na elaboração de Plano de Retomada Gradual da Economia