Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Governo Bolsonaro

Mandetta parabeniza Moro após ministro pedir demissão e diz: "trabalho realizado sempre foi técnico. Outras lutas virão"

Moro deixou a pasta da Justiça e Segurança Pública após divergência com o presidente sobre a saída do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Leite Valeixo.

"O trabalho realizado sempre foi técnico. O País agradece! Outras lutas virão!!", declarou Henrique Mandetta ao publicar foto com Moro. (Foto: Reprodução/Redes Sociais Henrique Mandetta)

Por

O ex-ministro da Saúde, Henrique Mandetta, parabenizou o agora também ex-ministro Sérgio Moro pelo trabalho realizado no governo de Jair Bolsonaro. Moro deixou a pasta da Justiça e Segurança Pública após divergência com o presidente sobre a saída do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Leite Valeixo.

"O trabalho realizado sempre foi técnico. Durante a pandemia trabalhamos mais próximos, sempre pensando no bem comum. Parabéns pelo trabalho Ministro Sérgio Moro. O País agradece! Outras lutas virão!!", declarou Henrique Mandetta ao publicar foto com Moto em rede social.

Veja também

Bolsonaro demite Ministro da Saúde, Luiz Mandetta

Em discurso de posse, novo ministro da Saúde fala em 'foco nas pessoas' e parceria com estados

Sergio Moro reclama de interferência política e anuncia que está fora do governo Bolsonaro

Jair Bolsonaro anuncia coletiva de imprensa para falar sobre demissões de Valeixo e Sergio Moro

Bolsonaro demitiu Henrique Mandetta após discordar da postura do então ministro da Saúde em relação ao isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus. A demissão dele ocorreu no dia 16 de abril, após diversos impasses.

Sérgio Moro pediu demissão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, nesta sexta-feira (24) após divergir do presidente sobre a demissão do diretor-geral da PF.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Desembargador mantém bloqueio de bens e uso de tornozeleira eletrônica de denunciados na Operação Calvário

Confira a agenda dos candidatos à Prefeitura de Campina Grande nesta sexta-feira

Presidente do Podemos em Bayeux protocola pedido de cassação contra prefeita Luciene de Fofinho

Gleisi Hoffmann faz apelo para que Anísio Maia retire sua candidatura à Prefeitura de João Pessoa e apoie Ricardo Coutinho