Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Busto de Tamandaré

Manifestação contra o aumento do subsídio do STF está programada para este domingo em JP

Ato público está sendo convocado pelas redes sociais e, entre os organizadores do ato, estão o partido Novo na Paraíba. "Chega de pagar a conta", diz postagem no Facebook.

"Chega de pagar a conta", diz postagem no Facebook. (Foto: Reprodução)

Por

Uma manifestação contra o reajuste do subsídio dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) está sendo programada para este domingo (11), no Busto de Tamandaré, na orla de João Pessoa. A concentração do movimento está previsto para começar às 16h.

O ato está sendo articulado pelo Partido Novo na Paraíba. A manifestação deve reunir a população em geral, a militância dos partidos, movimentos sociais, sindicais e a sociedade civil. Toda mobilização está sendo feita através das redes sociais. 

Segundo o presidente do Partido Novo na Paraíba, Maurício Renato, a mobilização vai denunciar nas ruas o reajuste 'abusivo' da proposta de aumento ao judiciário. "A população não aguenta mais esses abusos. E é preciso que estejamos nas ruas para mostrar a nossa indignação com mais esse absurdo. Iremos reunir a população em geral para denunciar esse aumento abusivo ao judiciário", explicou. 

Saiba mais: Senado aprova reajuste salarial dos ministros do STF para R$ 39,3 mil

"Contra o aumento absurdo do salário do STF e da elite do funcionalismo estatal! Venha participar conosco desta manifestação!", postou o partido Novo, que também reivindica ao presidente Michel Temer que vete o aumento. "#AumentoNão, #VetaTemer". 

"Chega de pagar a conta", diz a postagem no Facebook. De acordo com os organizadores do movimento, "o aumento dos salários dos ministros do STF foi mais um golpe nas já deficitárias contas públicas do Brasil. Vamos para as ruas no domingo (11/11), para mostrar ao presidente da República que não suportamos mais pagar a conta. #AumentoNão #VetaTemer".

O Senado Federal aprovou nessa quarta-feira (7) o reajuste de salário de ministros do STF de R$ 33,7 mil para R$ 39,3 mil.

Foram 41 votos a favor e 16 votos contra. O texto depende de sanção do presidente Michel Temer para entrar em vigor.

Em seguida, também foi aprovado aumento no mesmo valor para o procurador-geral da República, em votação simbólica.



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Fundo eleitoral e reforma da Previdência estão na pauta do Plenário

Ricardo Coutinho não poupa adversários e diz que más influências estão destruindo o governo

Estável, Bolsonaro queria ir a jogo do Palmeiras, mas leva 'puxão de orelha' de médico

Vereador de Cabedelo revela que Câmara realizará uma sessão para cassar seu mandato