Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Indeferido

Ministra Maria Thereza nega pedido de habeas corpus de Waldson de Souza no STJ

O julgamento foi divulgado no sistema do Superior Tribunal de Justiça, na tarde desta quinta-feira (26).

Os autos do novo pedido foram encaminhados para a ministra Laurita Vaz, da sexta turma da Corte, e em seguida remetidos para à ministra Maria Thereza de Assis Moura. (Foto: Divulgação/STJ)

Por

A vice-presidente do STJ, ministra Maria Thereza de Assis Moura, negou o pedido de habeas corpus de Waldson de Souza. O julgamento foi divulgado no sistema do Superior Tribunal de Justiça, na tarde desta quinta-feira (26).

A defesa do ex-secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da Paraíba, Waldson Souza, preso durante a sétima fase da Operação Calvário, apresentou nessa quarta-feira (25) um novo pedido de habeas corpus ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), depois de ter desistido do primeiro pedido no último domingo (22). 

Os autos do novo pedido foram encaminhados para a ministra Laurita Vaz, da sexta turma da Corte, e em seguida remetidos para à ministra Maria Thereza de Assis Moura.

Waldson Souza está preso preventivamente na Penitenciária Média de Mangabeira, Hitler Cantalice, em João Pessoa. Segundo a delação do empresário Daniel Gomes da Silva, Waldson Souza recebeu propinas pagas pela Cruz Vermelha Brasileira, organização social que administrava o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

A defesa do ex-secretário não explicou o motivo da desistência do primeiro habeas corpus, afirmando apenas que não tinha autorização para falar sobre o assunto.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Dinaldinho continua afastado da Prefeitura de Patos mesmo com arquivamento de processo no Ministério Público

Bolsonaro diz ser de 2015 vídeo que cita facada de 2018

Em meio a epidemia do Coronavírus, governadores do Nordeste adiam viagem à Europa

Presidente do PT na Paraíba diz que Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade e convoca reação da sociedade