Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Edson Fachin

Ministro do TSE mantém intervenção do Diretório Nacional no PT de João Pessoa

A decisão do ministro derruba o mandado de segurança do juiz eleitoral Fábio Leandro de Alencar Cunha​.

O relator foi o ministro do TSE, Edson Fachin (Foto: Reprodução)

Por

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, derrubou na noite deste sábado (24), a liminar em mandado de segurança que suspendia os atos da intervenção do PT nacional no diretório municipal da legenda em João Pessoa. A decisão do ministro derruba o mandado de segurança do juiz eleitoral Fábio Leandro de Alencar Cunha. 

O juiz considerou a intervenção ilegal e abusiva. Com a decisão, todos os membros do diretório municipal do PT devem retornar aos seus cargos, incluindo Giucélia Figueiredo, que foi destituída da presidência municipal do diretório com a intervenção.

De acordo com a decisão que o ClickPB teve acesso, o ministro do TSE, Edson Fachin, a ação impetrada pelo diretório pessoense na 64ª Zona Eleitoral, na capital paraibana, a instância não foi reconhecida como competente para decidir sobre o tema, que teria o fórum adequado apenas no TSE. 

Com a decisão de Fachin, o comando do partido volta para o advogado Cícero Legal. Ele era servidor comissionado do Estado e acabou pedindo exoneração justamente por causa da missão partidária. 

Ainda de acordo com a decisão do ministro, "havendo-se fixado que compete a esta Corte o exame de mandados de segurança em face de órgãos partidários nacionais, forçoso reconhecer, a partir do exame das circunstâncias e dos atores relacionados no polo passivo, que a liminar do Juízo da 64ª Zona Eleitoral da Paraíba foi concedida fora dos limites estritos de sua competência.

 O ministro afirma que "os impactos da anulação sobre o processo eleitoral em curso são evidentes, havendo, inclusive, notícia de impugnação de DRAP com fundamento em tal celeuma. Nesse diapasão, afigura-se incontestável o caráter urgente da medida almejada". 

No final ele determina que a decisão seja comunicada em caráter de urgência  Tribunal Regional Eleitoral do Paraíba, assim como o Juízo Zonal. 


Confira a decisão




Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Maia diz que tratar de voto impresso é colocar em xeque sistema seguro

Vacina contra novo coronavírus não deve ser oferecida para toda a população, diz Ministério da Saúde

Coordenador da comissão da Câmara que investiga morte no Carrefour, paraibano Damião Feliciano propõe ranking de 'empresas racistas'

George Coelho é reconduzido ao cargo de presidente da Famup