Resultado

Parecer da Câmara sobre pedido de cancelamento de eleição indireta em Bayeux sai nesta terça-feira

Os seis vereadores protocolaram o pedido no dia 21 de julho de 2020, segundo informou o presidente da Câmara Municipal de Bayeux, Inaldo Andrade.

Parecer da Câmara sobre pedido de cancelamento de eleição indireta em Bayeux sai nesta terça-feira​

Presidente da Câmara Municipal de Bayeux informou que parecer será divulgado nesta terça-feira. — Foto:Divulgação/Câmara de Vereadores

O parecer da Câmara Municipal de Bayeux, Casa Severaque Dionísio, sobre o pedido de cancelamento de eleição indireta para o cargo de prefeito do município de Bayeux será divulgado nesta terça-feira (28), segundo informou ao ClickPB, o presidente da Câmara, vereador Inaldo Andrade. 

O pedido de cancelamento da eleição indireta foi feito por seis vereadores da cidade (Josauro Pereira, Zé Baixinho, Lucília Freitas, Noquinha, Betinho da RS e Roni Alencar). De acordo com Inaldo andrade, o grupo alega não ter tido a publicação da mudança da lei, em 2019, no Diário Oficial do Município. 

Os vereadores protocolaram o pedido no dia 24 de julho de 2020. “A Procuradoria vai atualizar, analisar e dar o seu parecer nesta terça-feira”, afirmou. 

Leia mais:

Três vereadores entram com pedido para cancelar eleições indiretas para a prefeitura de Bayeux

Justiça da Paraíba determina que Câmara de Bayeux realize eleição indireta para Prefeitura no prazo de 30 dias

Juiz afirma que Bayeux não deve ter eleição indireta e Jefferson Kita deve continuar na prefeitura até o fim do ano

Juiz eleitoral recebe nova versão de lei orgânica que permite eleições indiretas em Bayeux

No dia 21 de julho, o juiz Francisco Antunes Batista determinou que o presidente da Câmara Municipal de Bayeux, Inaldo Andrade, realizasse eleição para os cargos de prefeito e vice-prefeito, no prazo de 30 dias, a contar da vacância do cargo. 

De acordo com o juiz o prazo deverá ser contado a partir da data da renúncia do prefeito Berg Lima, ocorrida em 14/07/2020, que estava afastado por decisão da justiça, e entregou sua Carta Renúncia na Câmara.Com isso, deve acontecer até o dia 13 de agosto, a eleição indireta. O vice-prefeito, Luiz Antonio, foi cassado em 2018 e segundo a Câmara a lei foi modificada no ano passado. 

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

Hugo Motta careca? Deputado surpreende e surge de “cabelo raspadinho”; saiba o motivo

2

Política

STF inicia discussão sobre pensão para filha trans de militar

3

Política

Ao lado de Bolsonaro, Walber Virgolino oficializa pré-candidatura à Prefeitura de Cabedelo: “devidamente lançada”

4

Política

Bolsonaro percorre ruas de Cabedelo em carro aberto e visita mercado municipal

5

Política

VÍDEO: Bolsonaro recebe títulos de cidadão paraibano e cidadão pessoense em sessão na Assembleia Legislativa