Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Decisão

Partido dos Trabalhadores reafirma participação e apoio ao Governo João Azevêdo

A decisão ocorreu em uma reunião da Comissão Executiva Estadual do partido na última sexta-feira (8).

Governador João Azevêdo (Cidadania). (Foto: Walla Santos)

Por

O Partido dos Trabalhadores na Paraíba decidiu manter apoio ao governador João Azevêdo (Cidadania). A decisão ocorreu em uma reunião da Comissão Executiva Estadual do partido na última sexta-feira (8), quando foi aprovada a resolução sobre os rumos políticos da sigla para as eleições de 2022.

Segundo o documento, o qual o ClickPB teve acesso, o avanço da agenda da "ultradireita liberal e das elites conservadoras" no Brasil e na Paraíba exige "maiores esforços por uma aliança forte e democrática, capaz de derrotar o bolsonarismo".

"Reafirmar, na atual conjuntura, a participação e apoio ao Governo de João Azevedo, dada a tarefa política de implementar uma agenda necessária de inclusão social, democracia e participação popular com partidos de esquerda e do centro", diz trecho da resolução.

Veja o comunicado do PT na íntegra:

COMISSÃO EXECUTIVA ESTADUAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES-PB

A Comissão Executiva Estadual do PT – PB, reunida em 08 de outubro de 2021, avaliando os caminhos desafiadores na futura eleição de 2022, aprova a seguinte resolução:

CONSIDERANDO:

Que a eleição de 2022 nos impõe como maior desafio histórico derrotar um governo que estabeleceu como estratégia o constante confronto com as instituições democráticas do país, carregada dos piores pré-conceitos da ultradireita liberal e das elites conservadoras: machismo, homofobia, xenofobia, racismo, fundamentalista, totalitarismo, agenda reformista com desmonte do serviço público, negacionismo científico, privatizações e apologia ao autoritarismo militar.

Que diante desse cenário, o ex-presidente Lula tem feito um chamamento aos movimentos sociais, intelectuais, políticos e democratas em prol da demanda por uma unidade de aliança de oposição para imediata recuperação do ambiente democrático brasileiro.

Que na Paraíba essa radicalização reacionária também se fez presente nas eleições de 2018 e 2020, com apelo no debate público aos recursos de viés autoritário e de negacionismo científico, impondo assim, uma evidente polarização política entre o bolsonarismo contra o PT, as forças da esquerda e o centro.

Que, portanto, faz-se necessário avaliar essa eleição dentro de um processo histórico complexo que exigirá de nós os maiores esforços por uma aliança forte e democrática, capaz de derrotar o bolsonarismo.

RESOLVE:

Reafirmar, na atual conjuntura, a participação e apoio ao Governo de João Azevedo, dada a tarefa política de implementar uma agenda necessária de inclusão social, democracia e participação popular com partidos de esquerda e do centro;

Fortalecer a relação de diálogo do PT com o governo estadual na gestão do trabalho desenvolvido através da Secretaria de Agricultura Familiar;

Assegurar que as instâncias partidárias e o Grupo de Trabalho Eleitoral/GTE analise e coordene todo o processo de construção da tática eleitoral em 2022, em sintonia com a Direção Nacional do Partido;

Ampliar os apoios de fortalecimento e união das forças progressistas em prol da pré-candidatura de Lula em 2022 e da agenda de reconstrução social e democrática do país.

João Pessoa, 08 de outubro de 2021.

EXECUTIVA ESTADUAL DO PT PB

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Lula vê Brasil encalacrado e cobra aliados na trincheira de sua campanha em 2022

'Jamais vou exigir o passaporte de vacina', diz Bolsonaro a apoiadores

Efraim Filho é cotado como possível candidato a vice-presidente de Sérgio Moro, revela colunista

Sem opções na oposição, PTB fecha questão e decide lançar Nilvan Ferreira como pré-candidato ao Governo da Paraíba