Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Karla Pimentel

Prefeita de Conde diz que recebe com surpresa decisão que cassa seu mandato e que falha nas contas de campanha foi corrigida

A Justiça Eleitoral decidiu cassar os mandatos da prefeita de Conde, Karla Pimentel, e do vice-prefeito, José Ronaldo Vieira Sales Júnior, mais conhecido como Dedé Sales.

Karla Pimentel disse em nota que está tomando "todas as providências cabíveis para que a verdade seja restabelecida." (Foto: Clilson Júnior/Arquivo)

Por

A prefeita de Conde, Karla Pimentel, disse em nota que recebeu com surpresa e perplexidade a decisão da Justiça Eleitoral que cassou seu mandato e do seu vice. Ela também alegou que a falha apontada sobre as contas de campanha foi corrigida.

A Justiça Eleitoral decidiu cassar os mandatos da prefeita de Conde, Karla Pimentel, e do vice-prefeito, José Ronaldo Vieira Sales Júnior, mais conhecido como Dedé Sales. A decisão, a qual o ClickPB teve acesso, foi tomada na noite dessa quarta-feira (20). Com a decisão da juíza Lilian Frassinetti, a ex-prefeita Márcia Lucena deverá retomar o posto, já que foi a segunda colocada nas últimas eleições.

Em nota a qual o ClickPB teve acesso, Karla Pimentel disse que é "importante esclarecer a população que ela recebe essa informação com bastante surpresa e perplexidade, porém, com a consciência tranquila, uma vez que foi eleita de forma democrática, com amplo apoio da população, através de uma campanha limpa, onde obteve 6.794 votos, com uma diferença de mais de 1.000 votos para o segundo colocado e de quase 3.000 para o terceiro colocado."

Ainda segundo a nota, "a decisão proferida, em primeira instância, pela Justiça Eleitoral, que não gera quaisquer efeitos imediatos, conforme jurisprudência pátria e uníssona, fundamentou-se em supostas falhas apresentadas na prestação de contas de campanha, referente a um valor de pouco mais de R$ 9.000 (nove mil reais), o qual já foi apresentado no respectivo processo de prestação de contas, com a devida retificação."

Karla Pimentel finaliza a nota dizendo que está tomando "todas as providências cabíveis para que a verdade seja restabelecida, confiando que a Justiça Eleitoral do Estado da Paraíba, através de sua Egrégia Corte, fará uma análise minuciosa, como lhe é peculiar, e trará a segurança e normalidade política para a cidade de Conde."

Saiba mais

Cassação

A magistrada destacou que a saída da prefeita Karla Pimentel é imediata, mesmo havendo oportunidade da prefeita recorrer no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Karla foi eleita prefeita de Conde em 2020 com 6.794 votos, representando 40,94% do total. De acordo com a decisão, os diplomas de Karla Pimentel e do vice-prefeito foram cassados devido a violações das regras de contabilidade eleitoral.

A defesa de Karla Pimentel poderá recorrer da decisão para tentar reverter a cassação em outras instâncias. O ClickPB procurou a juíza Lilian Frassinetti, mas ela disse que não vai comentar sobre o caso.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Vereador de Lucena recita poema contra colega durante sessão e parlamentar reage cantando "Deus Me Proteja", de Chico César

STJ nega retirada de tornozeleira de Cláudia Veras e revoga apenas recolhimento domiciliar noturno

Pré-candidato ao Senado, Efraim Filho diz que está confiante para obter o apoio de João Azevêdo nas eleições em 2022

Cabo Gilberto mantém intenção de disputar o governo em 2022, mas ainda procura apoio da "ala conservadora" na Paraíba