Desabafo

Prefeito de Alagoa Grande reclama de Lula e diz que prefeituras do Nordeste não mereciam passar por dificuldades

Antônio Sobrinho falou que o presidente Lula tem falhado no tratamento com os prefeitos e que, se isso continuar, os gestores vão passar por graves crises econômicas

Prefeito de Alagoa Grande reclama de Lula e diz que prefeituras do Nordeste não mereciam passar por dificuldades

Desabafo do prefeito foi feito durante evento do Caminhos do Frio — Foto:Reprodução

“Acho que não deveria estar acontecendo isso, principalmente no Nordeste, onde demos uma vitória grande ao nosso presidente da República”. O desabafo foi feito nessa segunda-feira (28) pelo prefeito de Alagoa Grande, Antônio Sobrinho, que é mais um gestor paraibano a reclamar dos cortes no Fundo de Participação dos Municípios (FPM). 

A reclamação do gestor aconteceu durante a programação do Caminhos do Frio, uma rota cultural anual que percorre diversos municípios do Brejo paraibano. Como visto pelo ClickPB, Antônio Sobrinho falou que o presidente Lula tem falhado no tratamento com os prefeitos e que, se isso continuar, os gestores vão passar por graves crises econômicas, incluindo a possibilidade de não pagamento das folhas salariais.

“Brevemente a gente não poderá pagar a folha. Esse movimento que estamos fazendo é para conseguirmos dignidade para nossas cidades. Sou meio revoltado com esse tipo de coisa. Acho que não deveria estar acontecendo isso [redução no FPM], principalmente no Nordeste, onde demos uma vitória grande ao nosso presidente da república. Era para nós sermos olhados com olhar diferenciado”, desabafou Antônio Sobrinho, como acompanhado pelo ClickPB.

O prefeito também lembrou que o FPM é a principal fonte de recursos de grande parte das prefeituras do interior do Nordeste, especialmente pela falta de indústrias na região para aumentar a arrecadação. Com isso, as despesas sobem todos os anos e a receita vem sofrendo decréscimo.

Não temos grandes indústrias em nossas cidades. Não temos de onde buscar dinheiro a não ser esse que vem lá do Governo Federal através do FPM. Hoje estamos com a receita caindo, a despesa todo ano aumentando com correção do salário mínimo, as coisas aumentando de preço. As urgências são maiores. As nossas responsabilidades com saúde e educação crescem e o dinheiro está caindo. É triste”, lamentou o prefeito de Alagoa Grande.

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

George Morais entra com ação contra secretárias do Estado que faltaram a convocação na Assembleia

2

Política

Lewandowski propõe incluir Sistema Único de Segurança na Constituição

3

Política

Prefeitura de Montadas compra gasolina e diesel suficientes para dar 85 voltas ao redor da Terra

4

Política

Marcos Henriques critica quarto adiamento do PT sobre definição da sigla em João Pessoa: “lamentável, quase perdendo pré-campanha”

5

Política

A cinco meses da disputa, corrida pela Prefeitura de João Pessoa tem três pré-candidatos; veja cenário nos maiores colégios eleitorais da Paraíba