Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Pré-candidata

Presidente da OAB em Campina Grande diz que apoio a Maria Cristina Santiago significa construção de uma Ordem protagonista

Em entrevista ao ClickPB, Jairo comentou que tem percebido a necessidade e o desejo dos colegas advogados em buscar novos rumos para a gestão da entidade.

Na última terça-feira (31), o presidente Jairo Oliveira declarou apoio a pré-candidatura da advogada Maria Cristina (Foto: Reprodução)

Por

O portal ClickPB conversou com o advogado e presidente da Subseção de Campina Grande, Jairo Oliveira, que nesta semana declarou apoio à candidatura de Maria Cristina Santiago (Kiu) à presidência da OAB/PB. Em entrevista ao ClickPB, Jairo comentou que tem percebido a necessidade e o desejo dos colegas advogados em buscar novos rumos para a gestão da entidade. De acordo com ele, a candidatura da advogada Kiu representa essas aspirações da categoria.

Nascido em João Pessoa, filho de funcionários públicos, Jairo Oliveira estudou na Escola Técnica e se formou em Direito pela Universidade Federal da Paraíba. Desde então, mudou-se para Campina Grande e acumula mais de 35 anos de experiência na advocacia, tendo sido eleito e reeleito para presidir a Subseção campinense.

Na última terça-feira (31), o presidente Jairo Oliveira declarou apoio a pré-candidatura da advogada Maria Cristina (Kiu) à presidência a OAB Paraíba por entender que se trata de “um compromisso de construção de uma Ordem plural, combativa, democrática, altiva, inclusiva, cidadã e protagonista”, destacou.


Pergunta: Em dezembro deste ano se encerra a gestão do advogado Paulo Maia à frente do Conselho Seccional da OAB/PB. Depois desses dois triênios, como o senhor avalia os resultados da atual gestão, em particular na perspectiva da advocacia e das Subseções?

Resposta: No aspecto de prioridades da advocacia, os dois triênios de gestão de Paulo foram abaixo das expectativas. Entendo como prioridade da advocacia o combate intenso e constante da morosidade do Poder Judiciário. Neste norte a nossa gestão à frente da Subseção Campina Grande protocolizou dois pedidos de providências junto ao TJPB. O primeiro, protocolado em 05 de julho de 2017, tratou dos seguintes pontos: expediente forense; fracionamento de férias da magistratura; publicação da Lista da ordem cronológica de conclusão dos processos para proferir sentença ou acórdão que, segundo o § 1º do art. 12 do CPC, deverá estar permanentemente à disposição para consulta pública em cartório e na rede mundial de computadores; acesso público à informação acerca da produtividade dos juízes e das serventias judiciais; instalação do Juizado Especial da Fazenda Pública da Comarca de Campina Grande (que está prevista para esse ano); publicação dos despachos, decisões, sentenças e acórdãos no Diário de Justiça Eletrônico, como determinado pelo CNJ e ainda não implantado pelo TJ.

Fizemos ainda um segundo Pedido de Providência junto ao TJPB, protocolado em 04 de abril de 2019, versando sobre:  a criação da Central de Flagrantes da Comarca de Campina Grande, visando a realização de audiências de custódia nos finais de semana e feriados; construção do Fórum Criminal de Campina Grande, dentre outros pleitos. 

Pergunta: Para o portal ClickPB o senhor declarou que “Campina Grande, mais uma vez, aponta os horizontes e a vontade de mudança na advocacia”. Como o senhor enxerga esse sentimento de mudança no cenário das eleições para a presidência da OAB/PB?

Resposta: Vejo como oportuna e positiva a luta, a disposição e o desejo, não só da OAB/Campina Grande mas da advocacia paraibana, de mudanças nos rumos da gestão da nossa entidade. Acredito que neste atual momento há uma vontade plural e democrática que envolve a participação efetiva de toda a advocacia, em especial das colegas advogadas, movimento este muito bem expressado e representado pelas forças que se juntam à pré-candidatura da advogada Maria Cristina (Kiu) à presidência da OAB/Paraíba.  

Pergunta: Recentemente foi noticiado na imprensa paraibana a adesão do senhor ao grupo que apoia a pré-candidatura de Maria Cristina Santiago à presidência da OAB/PB. O senhor poderia explicar as razões que levaram a essa manifestação?

Resposta: Não se trata de uma adesão. Na verdade, se trata de um compromisso de construção de uma Ordem plural, combativa, democrática, altiva, inclusiva, cidadã e protagonista. Comprometida com as aspirações sociais. Uma Ordem voltada aos legítimos interesses da advocacia.

Neste contexto entendemos que a pré-candidata Maria Cristina dará um novo rumo à advocacia paraibana. Vou dar exemplos: o que é mais importante para a advocacia: construir uma sede da Seccional na Capital do Estado, ao custo de aproximadamente R$ 15 milhões, ou instalar salas da advocacia em todos os fóruns, presídios e centrais de polícia da Paraíba?

Neste sentido, a OAB Campina Grande dá exemplo: instalamos, no Presídio Padrão de Campina Grande, dois parlatórios e uma Sala da Advocacia equipada com computador, scanner, internet, climatizada e com sanitário privado.

Recentemente entregamos o Projeto “Nosso Escritório” que consiste, como o próprio nome indica, num escritório com todos os equipamentos necessários ao exercício profissional (computador, scanner, internet, etc.), além de duas salas destinadas à realização de audiências virtuais. O “Nosso Escritório” dispõe, ainda, de sala de espera, atendentes (estagiários) e funciona de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Lula vê Brasil encalacrado e cobra aliados na trincheira de sua campanha em 2022

'Jamais vou exigir o passaporte de vacina', diz Bolsonaro a apoiadores

Efraim Filho é cotado como possível candidato a vice-presidente de Sérgio Moro, revela colunista

Sem opções na oposição, PTB fecha questão e decide lançar Nilvan Ferreira como pré-candidato ao Governo da Paraíba