Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Articulação

Preso, Flávio do Cabaré deve tomar posse por procuração no Conde e tirar licença em seguida

Caso Flávio do Cabaré tome posse na Câmara e se licencie, Luiz de Bihino deve assumir a cadeira.

Câmara Municipal do Conde (Foto: ClickPB)

Por

O primeiro suplente do ex-vereador Fernando Boca Louca, Flávio do Cabaré, deve tomar posse por meio de procuração, na manhã desta quinta-feira (30), na Câmara Municipal do Conde. Flávio continua preso. Por conta disso, quem irá tomar posse em seu nome será o seu irmão, Fábio de Melo, por meio de procuração pública. Contudo, em seguida, como ele não poderá frequentar as sessões e atuar como vereador por estar preso, deverá pedir uma licença sem vencimento para tratar de assuntos particulares, motivo pelo qual o próximo suplente, Luiz de Bihino, deve assumir a cadeira.  

As informações são do procurador da Câmara Municipal do Conde, João Luiz Sobral. Ele disse que esta é a previsão que os advogados de Flávio do Cabaré repassaram à Casa. A Câmara estará aberta para que o presidente da Câmara, vereador Carlos André de Oliveira, e a mesa diretora empossem o suplente de vereador até às 13h. A posse acontecerá no gabinete da Presidência. Segundo o procurador da Câmara, caso tudo ocorra conforme está previsto, com a licença de Flávio, a posse de Bihino deve ocorrer na próxima segunda-feira.   

O vereador de Conde, Fernando Araújo, conhecido como Fernando Boca Louca, renunciou ao cargo e, por isso, Flávio do Cabaré foi convocado. Boca Louca entregou o seu pedido de renúncia no dia 10 de maio. Ele é acusado de manter uma funcionária analfabeta do Bolsa Família como laranja e de desviar o salário da 'servidora fantasma'.

Flávio do Cabaré foi notificado no dia 15 de maio sobre a vacância. Ele tinha 15 dias para assumir o cargo. Esse prazo termina nesta quinta-feira (30). A defesa de Cláudio do Cabaré tentava uma autorização judicial para a sua saída temporária da prisão, a fim de tomar posse. 

O suplente Flávio do Cabaré foi preso no último dia 22 de abril, em cumprimento de mandado de prisão, suspeito de exploração sexual. Ele foi detido durante protesto na Câmara Municipal de Conde e encaminhado ao 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Mas, atualmente, os presos civis encontram-se transferidos dos batalhões policiais para um setor especial no Complexo Penitenciário de Mangabeira.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Itaporanga, São José de Caiana e Serra Grande, no Sertão da Paraíba, estão proibidos de ter comícios, carreatas e caminhadas enquanto não atingirem bandeira verde

Juiz Eleitoral se reúne com partidos, coligações e autoridades de segurança para decidir se haverá carreatas, comícios e eventos de rua durante a pandemia em João Pessoa

UP registra candidatura de Rafael Freire para disputar Prefeitura de João Pessoa

Bolsonaro sanciona projeto de lei que altera cobrança do ISS