Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Indefinição

PSC admite convite a MDB e PV para lançamento de pré-candidatura de Manoel Junior

Leonardo Gadelha enfatizou que ainda não há uma definição sobre o apoio a determinada chapa majoritária. No entanto, ressaltou que o PSC mantém boa relação com ambos.

De acordo com Leonardo Gadelha, as discussões sobre a formação de aliança permanecem (Foto: Reprodução)

Por

O PSC oficializa nesta terça-feira (19) a pré-candidatura de Manoel Junior ao Senado. No entanto, a pré-candidatura ainda não possui uma chapa para se integrar.

De acordo com Leonardo Gadelha, as discussões sobre a formação de aliança permanecem. Ele revelou em entrevista ao ClickPB que tanto o MDB quanto o PV, que formam chapas majoritárias com possibilidade de aliança, foram convidados para participar do lançamento da pré-candidatura amanhã. “Eu acredito que ele tenha convidado todas as forças com quem nós temos dialogado recentemente”, declarou Leonardo Gadelha falando sobre Manoel Junior.

Leonardo Gadelha enfatizou que ainda não há uma definição partidária sobre o apoio a determinada chapa majoritária. No entanto, ele ressaltou que o PSC mantém boa relação tanto com o PV quanto com o MDB.

“Nunca deixamos de expressar simpatia e boa relação pessoal com as duas candidaturas. Gostaríamos inclusive que fosse possível que os dois estivessem em uma única chapa. Como isso não foi possível, nós agora vamos afunilar o nosso processo decisório, mas ainda não estamos prontos para esse anúncio”, ponderou Leonardo.

Ele preferiu não estipular um prazo para a definição partidária, mas antecipou que deve acontecer em breve. “É interesse do próprio partido intensificar essas discussões e agilizar essa decisão. Não queremos postergar isso não”.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Datafolha: 36% reprovam e 30% aprovam o governo Bolsonaro

PSL denuncia seis deputados do próprio partido ao Conselho de Ética da Câmara

Mulher que esperou 10h por parto normal receberá indenização de R$ 20 mil por negligência da PMJP

Governador João Azevêdo diz que não se preocupa com ameaças de presidente do PSB