Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Desenhando novo Mapa

PT, PMDB e PSDB vão governar quase 50% do eleitorado brasileiro

Por

O PT, o PMDB e o PSDB vão governar quase 50% do eleitorado brasileiro a partir de 2013. É o que mostra levantamento feito pelo G1. Encerradas as eleições municipais, os partidos conquistaram 2.369 prefeituras em todo o país, somando mais de 66,7 milhões de eleitores, de um total de 140,6 milhões.

O PT conseguiu eleger o prefeito na maior cidade do país, São Paulo, e também conquistou o maior número de prefeituras em cidades grandes - as com mais de 200 mil eleitores.

Sozinho, o partido governará quase 20% do eleitorado brasileiro, ou 27 milhões de eleitores. Apenas em São Paulo, onde Fernando Haddad derrotou o tucano José Serra, são 8,6 milhões.

O PT venceu a disputa em 16 dos 83 municípios com mais de 200 mil eleitores. Ainda assim, o partido perdeu espaço. Em 2008, haviam sido 20 prefeituras nas cidades grandes.

Eleitorado arte (Foto: Arte/G1)

O PMDB governará 16,85% do eleitorado brasileiro, ou 23,1 milhões de eleitores. O partido foi vitorioso nas cidades pequenas, com eleitorado abaixo de 200 mil, e vai comandar 1.022 dessas prefeituras no país.

Já o PSDB foi o segundo partido que mais conquistou cidades com mais de 200 mil eleitores. A legenda vai governar 16,5 milhões de eleitores, 12,08% do eleitorado no país.

O partido avançou em comparação com a última eleição, quando obteve 13 eleitos. Agora, são 15 prefeituras nas cidades grandes.

Ao todo, 29 partidos disputaram as eleições municipais deste ano no país.

PSB lidera nas capitais
O PSB, que elegeu o maior número de prefeitos de capitais nas eleições municipais de 2012, é o 4º do país com o maior eleitorado: 11,15% ou 15,3 milhões de eleitores.

A sigla vai comandar as cidades de Fortaleza, Belo Horizonte, Cuiabá, Recife e Porto Velho. O PSDB foi vitorioso em quatro capitais: Maceió, Manaus, Belém e Teresina. Também quatro eleitos teve o PT, que, além de São Paulo, venceu a disputa em Rio Branco, Goiânia e João Pessoa.

Já o PSD, que elegeu um prefeito de capital em sua primeira eleição municipal, aparece em 6º lugar, com 6,31% ou 8,65 milhões de eleitores.

PMDB e PSDB encolhem; PT e PSB avançam
No país, o PMDB e o PSDB lideram o ranking de prefeituras conquistadas pelos partidos em 2012, embora tenham tido menos prefeitos eleitos nas eleições municipais deste ano em comparação com o pleito de 2008

O PT, que ocupa o 3º lugar do ranking, conseguiu conquistar mais prefeituras que em 2008. Já o PSD sai de sua primeira eleição municipal na 4ª posição, com 497 prefeitos eleitos.

PMDB e PT foram os únicos partidos que conquistaram prefeituras em todos os estados brasileiros. A maior parte das prefeituras do PMDB está na região Sul (295), seguida do Nordeste (284) e Sudeste (248). Já o PT elegeu mais prefeitos no Sudeste (199) e Nordeste (188). O PSDB conseguiu eleger prefeitos nos 25 estados do país - no Amapá, no entanto, nenhum tucano foi eleito.

O PSD conquistou mais vitórias no Nordeste, com 210 prefeituras. O PP, que ficou em quinto no rankin, elegeu mais no Sul, 211 prefeitos.

Já o DEM, que elegeu 44,15% menos prefeitos neste ano, além de ter tido a maior queda entre os partidos, comandará apenas 4,8% do eleitorado. A maioria dos eleitos está no Sudeste: 114 ao todo.

Desempenho dos partidos (Foto: Arte/G1)

Veja a seguir os resultados das eleições 2012 nas capitais e demais cidades com 2º turno:

 

UF

Capital

Resultado

AC

Rio Branco

2º turno - Marcus Alexandre (PT)

AL

Maceió

1º turno - Rui Palmeira (PSDB)

AM

Manaus

2º turno - Artur Neto (PSDB)

AP

Macapá

2º turno - Clécio (PSOL)

BA

Salvador

2º turno - ACM Neto (DEM)

CE

Fortaleza

2º turno - Roberto Claudio (PSB)

ES

Vitória

2º turno - Luciano Resende (PPS)

GO

Goiânia

1º turno - Paulo Garcia (PT) - reeleito

MA

São Luís

2º turno - Edivaldo Holanda Júnior (PTC)

MG

Belo Horizonte

1º turno - Márcio Lacerda (PSB) - reeleito

MS

Campo Grande

2º turno - Alcides Bernal (PP)

MT

Cuiabá

2º turno - Mauro Mendes (PSB)

PA

Belém

2º turno - Zenaldo Coutinho (PSDB)

PB

João Pessoa

2º turno - Luciano Cartaxo (PT)

PE

Recife

1º turno - Geraldo Julio (PSB)

PI

Teresina

2º turno - Firmino Filho (PSDB)

PR

Curitiba

2º turno - Gustavo Fruet (PDT)

RJ

Rio de Janeiro

1º turno - Eduardo Paes (PMDB) - reeleito

RN

Natal

2º turno - Carlos Eduardo (PDT)

RO

Porto Velho

2º turno - Dr. Mauro Nazif (PSB)

RR

Boa Vista

1º turno - Teresa Surita (PMDB)

RS

Porto Alegre

1º turno - José Fortunati (PDT) - reeleito

SC

Florianópolis

2º turno - Cesar Souza Júnior (PSD)

SE

Aracaju

1º turno - João Alves Filho (DEM)

SP

São Paulo

2º turno - Fernando Haddad (PT)

TO

Palmas

1º turno - Carlos Amastha (PP)

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

 

 

 

Veja as cidades com mais de 200 mil eleitores houve 2º turno

RJ

Belford Roxo

Dennis Dauttmam (PCdoB)

SC

Blumenau

Napoleão Bernardes (PSDB)

PB

Campina Grande

Romero Rodrigues (PSDB)

SP

Campinas

Jonas Donizette (PSB)

ES

Cariacica

Juninho (PPS)

PR

Cascavel

Edgar Bueno (PDT)

MG

Contagem

Carlin Moura (PCdoB)

SP

Diadema

Lauro Michels (PV)

RJ

Duque de Caxias

Alexandre Cardoso (PSB)

SP

Franca

Alexandre (PSDB)

SP

Guarujá

Antonieta (PMDB)

SP

Guarulhos

Almeida (PT)

SC

Joinville

Udo Döhler (PMDB)

MG

Juiz de Fora

Bruno Siqueira (PMDB)

SP

Jundiaí

Pedro Bigardi (PCdoB)

PR

Londrina

Alexandre Kireeff (PSD)

PR

Maringá

Pupin (PP)

SP

Mauá

Donisete Braga (PT)

MG

Montes Claros

Ruy Muniz (PRB)

RJ

Niterói

Rodrigo Neves (PT)

RJ

Nova Iguaçu

Nelson Bornier (PMDB)

RS

Pelotas

Eduardo Leite (PSDB)

RJ

Petrópolis

Rubens Bomtempo (PSB)

PR

Ponta Grossa

Marcelo Rangel (PPS)

SP

Ribeirão Preto

Dárcy Vera (PSD)

SP

Santo André

Carlos Grana (PT)

RJ

São Gonçalo

Neílton Mulin (PR)

SP

Sorocaba

Pannunzio (PSDB)

SP

Taubaté

Ortiz Junior (PSDB)

MG

Uberaba

Paulo Piau (PMDB)

BA

Vitória da Conquista

Guilherme (PT)

ES

Vila Velha

Rodney Miranda (DEM)

RJ

Volta Redonda

Neto (PMDB)

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

No Recife, Bolsonaro convoca apoiadores para o 7 de Setembro

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

Wilson Santiago, do Republicanos, diz que nenhum partido consegue apoio integral a candidatos: "sempre alguém diverge"

Wilson Santiago nega que Republicanos possa deixar aliança com Efraim Filho para apoiar Pollyanna Dutra ao Senado