Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Eleições

“Se prepare, aconteça o que acontecer”, diz Bolsonaro ao confirmar Marcelo Queiroga na disputa pela Prefeitura de João Pessoa

Ex-presidente aconselhou Queiroga a se preparar para tudo o que vai enfrentar, em uma missão considerada por ele como “difícil”

Bolsonaro esteve com Marcelo Queiroga (Foto: Reprodução/Youtube)

Por

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou, nesta quarta-feira (14), em evento do PL, que o ex-ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, vai ser o candidato do partido para disputar à Prefeitura de João Pessoa em 2024. 

Como visto pelo ClickPB, Bolsonaro estava ao lado de Queiroga, do deputado federal Wellington Roberto, do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto e de outras lideranças do partido.

O ex-presidente aconselhou Queiroga a se preparar para tudo o que vai enfrentar, em uma missão considerada por ele como “difícil”.

“Queiroga se apresenta como pré-candidato em João Pessoa. Uma missão difícil. Tenho falado ao pessoal que mais importante do que João Pessoa é a Paraíba. Sabemos que teremos dias tenebrosos pela frente. Então as cartas estão na mesa. Responsabilidade enorme que cada um de nós tem nesse projeto. Se prepare para aconteça o que acontecer”, afirmou Bolsonaro, em fala direcionada a Marcelo Queiroga, como visto pelo ClickPB.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Se tiver que fazer déficit, vamos fazer, diz líder do governo na Câmara

Damares recebe alta hospitalar após ser internada com paralisia facial

Datafolha: 38% reprovam atuação do STF, enquanto 27% aprovam

Lula questiona se o PT fala o que o povo quer ouvir e defende aproximação com evangélicos