Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

CMJP

Sérgio da SAC é convocado para assumir vaga de vereador na Câmara de João Pessoa

Sérgio da SAC foi convocado por ser o segundo suplente do vereador Durval Ferreira, que tirou licença para assumir o cargo de secretário de Ciência e Tecnologia da Capital paraibana.

Suplente foi convocado nesta quinta-feira (Foto: Walla Santos/ClickPB/Arquivo)

Por

O suplente de vereador Evandro Sérgio de Azevêdo Araújo, conhecido como Sérgio da SAC, foi convocado para assumir lugar vago na Câmara dos Vereadores de João Pessoa (CMJP).

Sérgio da SAC foi convocado por ser o segundo suplente do vereador Durval Ferreira, que tirou licença para assumir o cargo de secretário de Ciência e Tecnologia da Capital paraibana.

Inicialmente a vaga deixada por Durval Ferreira foi ocupada pela primeira suplente, Helena Holanda, que na manhã desta quinta-feira (10) assumiu uma posição efetiva na CMJP, deixando novamente a vaga aberta.

Recentemente, Sérgio da SAC foi condenado a seis anos de pena privativa de liberdade, consistindo de quatro anos de reclusão e dois anos de detenção, além do pagamento de 40 dias-multa pela suspeita de desvio de recursos públicos no período em que era vereador. Cabe recurso da decisão.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

'PT não tem que fazer autocrítica', diz Lula em evento do partido na Bahia

Julian Lemos confirma fala de Bebianno de que Bolsonaro foi quem citou dossiê sobre 'suruba gay' de príncipe

'PT não tem que fazer autocrítica', diz Lula em evento do partido na Bahia

PEC de Bolsonaro e Guedes desobriga poder público de construir escolas