Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Afastado

TJ julga nesta quarta-feira agravo que pode permitir retorno de Dinaldo para prefeitura de Patos

Dinaldinho está afastado do cargo desde o mês de agosto deste ano por decisão judicial. O vice-prefeito, Bonifácio Rocha, ocupa a titularidade do cargo desde então.

O prefeito de Patos é investigado por envolvimento em um esquema de desvio de recursos públicos (Foto: Reprodução)

Por

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) deve decidir nesta quarta-feira (19) se o prefeito afastado da cidade de Patos, Dinaldinho Wanderley, voltará ao cargo. O Agravo Interno nos autos do Procedimento Investigatório Criminal, sob relatoria do desembargador Carlos Martins Beltrão Filho, consta na pauta de julgamentos da sessão de hoje.

Dinaldinho está afastado do cargo desde o mês de agosto deste ano por decisão judicial. O vice-prefeito, Bonifácio Rocha, ocupa a titularidade do cargo desde então.

O prefeito de Patos, além de seu assessor, Múcio Sátyro Filho, e o administrador de empresa, Fábio Henrique Silveira Nogueira são investigados por envolvimento em um esquema de desvio de recursos públicos, nos anos de 2017 e 2018, em proveito próprio e alheio.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Vereador é denunciado por acumular mandato e três aposentadorias e receber R$ 210 mil de forma indevida

Título de cidadão paraibano para Bolsonaro, proposto por Wallber Virgolino, é aprovado na CCJ

Ibope: avaliação positiva do Governo Bolsonaro sobe um ponto para 35%

Justiça suspende lei de Sossego estabelecendo contratação temporária de servidores