Justiça

TRE-PB condena Cidadania por fraude na cota de gênero e cassa diplomas de vereadores em Jacaraú

Com a decisão, perdem o mandato os vereadores Manoel Gomes e Odivaldo Francelino. Justiça Eleitoral vai realizar retotalização para determinar os dois novos vereadores

TRE-PB condena Cidadania por fraude na cota de gênero e cassa diplomas de vereadores em Jacaraú

Decisão foi tomada em julgamento no TRE-PB — Foto:Reprodução

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) acolheu recurso e determinou, nesta quinta-feira (31), a cassação do registro e diplomas dos dois vereadores eleitos pelo Cidadania, nas eleições de 2020, no município de Jacaraú. O partido foi condenado por fraude na cota de gênero. A decisão foi por unanimidade.

Como acompanhado pelo ClickPB, a Corte analisou um recurso solicitado pelos candidatos a vereador Carlos Antônio Jerônimo e José Valério da Silva. Eles acusaram o Cidadania de descumprir a cota de gênero, usando a candidata Renata Félix da Silva apenas para cumprir a cota.

Em primeira instância, a denúncia foi negada pelo juízo da 60ª Zona Eleitoral em Bayeux. Com isso, os dois candidatos recorreram ao TRE-PB , que iniciou o julgamento no dia 3 deste mês.

No julgamento, a relatora do processo, a juíza Maria Cristina Paiva Santiago, entendeu que a candidata não realizou atividades de campanha e teve movimentação de contas zerada. Além disso, Renata Félix não recebeu nenhum voto nas eleições de 2020.

Na decisão, a relatora reconheceu a denúncia por abuso de poder e fraude na cota de gênero, determinando a cassação dos registros e diplomas e retotalização dos votos.

“Voto pelo conhecimento do recurso, reconhecendo abuso de poder, determinando a cassação dos registros e diplomas de todos os candidatos proporcionais vinculados ao drap do partido Cidadania, com a consequente anulação dos votos atribuídos a agremiação partidária e retotalização dos quocientes eleitoral e partidário. Aplico inelegibilidade por oito anos (até 2028)”, votou a juíza, como acompanhado pelo ClickPB.

No entanto, no mesmo dia, o juiz  José Ferreira Ramos Júnior pediu vistas. O julgamento foi retomado nesta quinta-feira, onde o voto da relatora foi acompanhado pelos magistrados José Ferreira Ramos Júnior, Francilucy Rejane, Agamenildes Dias, Bianor Arruda, Márcio Murilo e Roberto D’Horn.

Com a decisão, perdem o mandato os vereadores Manoel Gomes e Odivaldo Francelino. Com isso, haverá retotalização dos votos e a Corte informará posteriormente quais serão os dois novos parlamentares da Câmara de Jacaraú.

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

Juiz manda Ruy Carneiro retirar postagem contra Cícero Lucena no Instagram e ameaça com multa de R$ 10 mil por dia

2

Política

Nilvan Ferreira vai anunciar apoio a Cícero Lucena em João Pessoa; veja data

3

Política

Nilvan Ferreira comemora adesão de Pedrito e diz que potencializa perspectiva de vitória

4

Política

“Pronto para receber de braços abertos”, diz Nilvan sobre aliança com o PSB; partido deve indicar vice

5

Política

Cartaxo diz que escolha de Amanda Rodrigues como pré-candidata a vice traz fortalecimento das mulheres na gestão pública