Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Nesta quinta

Vereador Jefferson Kita toma posse como prefeito interino de Bayeux após novo afastamento de Berg Lima

Ele assume o cargo após ter sido notificado do afastamento de Berg Lima, afastado pelo TJPB, nessa quarta (20) após julgamento da denúncia de que Berg contratou 'funcionários fantasmas'.

Kita assume o mandato interino faltando sete meses para a posse do próximo prefeito eleito nas Eleições 2020, marcadas, até o momento, para o mês de outubro. (Foto: Reprodução/TV Câmara Bayeux)

Por

O vereador Jefferson Kita tomou posse como prefeito interino de Bayeux, na tarde desta quinta-feira (21). Ele assume o cargo após ter sido notificado do afastamento do prefeito titular Berg Lima, afastado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), nessa quarta-feira (20) após julgamento da denúncia em que Berg é acusado de contratar 'funcionários fantasmas', beneficiando aliados com cargos os quais as pessoas não estariam cumprindo com a carga horária, mas recebendo os salários.

Kita assume o mandato interino faltando sete meses para a posse do próximo prefeito eleito nas Eleições 2020, marcadas, até o momento, para o mês de outubro.

O vereador assume o cargo porque o vice-prefeito Luiz Antônio teve o mandato cassado. A Câmara de Bayeux decidiu, por 12 votos a 5, cassar o mandato do vice-prefeito afastado, na sessão do dia 4 de abril de 2018, a qual durou quase 10 horas.

Saiba mais

Depois, Luiz Antônio de Miranda Alvino foi condenado no dia 22 de abril de 2019 por atos de improbidade administrativa e ofensa aos princípios da Administração Pública. Luiz Antônio foi sentenciado a pagar uma multa civil equivalente a 20 vezes o valor de remuneração recebida quando esteve no cargo de vice-prefeito. A sentença foi proferida nesta segunda-feira (22), pelo juiz titular da unidade, Francisco Antunes Batista, da 4ª Vara Mista da Comarca de Bayeux.

Berg já havia sido afastado do cargo de prefeito em julho de 2017 quando foi preso flagrado com dinheiro na cueca, que teria recebido de empresário. A situação foi registrada em vídeo e teve repercussão nacional. Berg foi solto em novembro do mesmo ano e retornou à cadeira na Prefeitura de Bayeux em dezembro de 2018.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Juiz Eleitoral se reúne com partidos, coligações e autoridades de segurança para decidir se haverá carreatas, comícios e eventos de rua durante a pandemia em João Pessoa

UP registra candidatura de Rafael Freire para disputar Prefeitura de João Pessoa

Bolsonaro sanciona projeto de lei que altera cobrança do ISS

Ricardo Coutinho registra candidatura no TSE com Antônio Barbosa como vice para disputar Prefeitura de João Pessoa