Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Anna Lorena

Vídeo de prefeita de Monteiro dando suposto 'empurrão' em criança viraliza e gestora nega: 'absurdo!'

A entrega de peixes aconteceu na terça-feira (16) para as famílias de baixa renda do município. Anna Lorena disse que a acusação de que ela empurrou a criança é mentirosa.

A prefeita Ana Lorena e o vice-prefeito Celecileno Alves entregaram 17 toneladas de peixe, na terça (Foto: Divulgação/Assessoria Monteiro)

Por

Um vídeo viralizou nas redes sociais em que mostra a prefeita Anna Lorena, de Monteiro, no Cariri da Paraíba, supostamente empurrando uma criança após a entrega do peixe da Semana Santa. A entrega de peixes aconteceu na terça-feira (16) para as famílias de baixa renda do município.

A prefeita Ana Lorena e o vice-prefeito Celecileno Alves entregaram 17 toneladas de peixe à população local. A doação também foi de verduras e fruta para complemento da refeição. Cerca de 5 mil famílias foram beneficiadas, segundo informações da prefeitura.

O ClickPB entrou em contato com a prefeita Anna Lorena. Ela disse que a acusação de que ela empurrou a criança é mentirosa e que não houve nada. "A oposição que está querendo sempre inventar coisas. Inventaram até que estávamos pedindo vários documentos para a entrega do peixe. Nunca existiu. Desespero."



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Governo quer participar da escolha do comando do Congresso, diz Eduardo Bolsonaro

Bolsonaro usa helicóptero e anda a cavalo para prestigiar ato na Esplanada contra STF e Congresso

Morre aos 89 anos o primeiro prefeito de Cubati, Zezinho Preá, vítima de Covid-19

Provas sobre fake news podem ajudar ações de cassação no TSE