Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Religião

Editoria sobre Religião ir para editoria →

Igreja Católica

Papa Francisco visita Iraque em meio à pandemia de Covid

Viagem é desafiadora porque o Iraque tem problemas sanitários e há risco de violência no país do Oriente Médio.

Imagem do Papa Francisco ao desembarcar no Iraque, em 5 de março de 2021. (Foto: Yara Nardi/Reuters)

Por

O Papa Francisco chegou ao Iraque nesta sexta-feira (5) para a viagem de número 33 de seu pontificado, com o objetivo de transmitir uma mensagem de paz e reconciliação no país, que está confinado pela pandemia e foi afetado por anos de violência.

Em Bagdá, ele defendeu a luta contra a corrupção e os abusos de poder, e pediu o fim da "violência", dos "extremismos" e "intolerâncias".

"É preciso construir justiça, fazer crescer a honestidade, a transparência e fortalecer as instituições", disse ele.

"Chega de violência, extremismos, facções, intolerâncias", afirmou.

De acordo com analistas, esta é a viagem mais arriscada de Francisco em seus nove anos como Papa. Ele viajou sob forte esquema de segurança.

Que lugares o papa vai visitar?

O pontífice, que já foi vacinado contra a Covid-19, visitará Bagdá e Erbil, duas cidades que foram cenários de ataques com foguetes contra alvos americanos recentemente.

Apesar dos riscos, Francisco manteve a agenda e declarou que não se pode decepcionar "pela segunda vez este povo", depois de recordar o cancelamento da visita em 1999 de João Paulo II.

Apesar dos riscos, Francisco manteve a agenda e declarou que não se pode decepcionar "pela segunda vez este povo", depois de recordar o cancelamento da visita em 1999 de João Paulo II.

No sábado, o papa visitará Ur, uma etapa com fortes vínculos espirituais, pois a área foi o berço do cristianismo, a terra do profeta Abraão, pai das três religiões monoteístas.

No mesmo dia ele se reunirá na cidade sagrada de Najaf, no sul, com o grande aiatolá Ali Sistani, de 90 anos, principal autoridade para os xiitas no Iraque, um gesto a favor do diálogo com todos os muçulmanos.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Fé e ostentação: pastora paraibana acusada de ser 'estelionatária da fé' ganhou fama através de polêmicas; relembre

Fiação exposta, extintor vencido, alimentos sem procedência e aglomeração motivaram interdição de igreja da pastora Renallida, em Cabedelo

Com igreja fechada, pastora reúne fiéis na praia e faz pregação e promessas de cura

Pastora Renallida vai processar pastor Anderson por calúnia e difamação após ser chamada de 'estelionatária espiritual'