Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Religião

Editoria sobre Religião ir para editoria →

Fé e dinheiro

Pastora da Paraíba é criticada nas redes sociais acusada de pedir PIX em troca de orações e cobrar por vaga em cultos

Polêmica envolve nome de pastora da Paraíba.

Pastora Renalida Carvalho é criticada nas redes sociais por pedir PIX em troca de orações e vaga em culto. (Foto: Reprodução/Instagram)

Por

Fé e dinheiro. Uma mistura que tem gerado polêmica após uma pastora na Paraíba pedir PIX em troca de orações e para vagas em culto. Renalida Carvalho, pastoral Regional da Catedral IPTM, é alvo de críticas nas redes sociais por sua conduta. A sede dessa igreja está prevista para ser inaugurada, nesta quarta (15) e quinta-feira (16), no município de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa.

Além dela, o pastor Leonardo Sales, presidente dessa igreja, também está envolvido na polêmica. O caso veio à tona, nesta quarta-feira (15), pelo jornalista Bruno Pereira, no Programa Tribuna Livre, da TV Arapuan. Nas redes sociais, vários internautas acusam a pastora Renalida Carvalho de estelionatária da fé. 

"Ganhar dinheiro em cima do povo mulher, isso não e de Deus não", criticou uma internauta como apurou o ClickPB. Outra pessoa também não gostou da ideia da pastora: "Já tem funkeiro ostentação, prefeita ostentação e agora missionária ostentação… que venha os próximos capítulos". Outro comentário que chama a atenção são os cálculos feitos por um internauta: "11 mil pessoas numa Live. Imagine essas 11 mil pessoas fazendo Pix de 7,00 = 77.0000, Por isso ela Luxa tanto com Dinheiro que vem do Povo".

Renalida Carvalho ainda é acusada de ostentar ao utilizar carros de luxo e é apontada por arrecadar dinheiro em nome da fé. Ao meio-dia de hoje, no programa Cidade em Ação da TV Arapuan, a pastora disse ser empresária ao ter imóveis de aluguel.

Confira o noticiado


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Papa Francisco pede a gigantes da tecnologia que não explorem fragilidade humana

Devotos de Nossa Senhora Aparecida se emocionam com volta ao santuário

Belém: Círio de Nazaré tem restrições devido à pandemia de covid-19

Pastora na Paraíba é acusada de pedir oferta em Pix com valor por idade dos fiéis: "se tem 40 anos, 40 reais"