Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Nove pessoas

Acidente com caminhão ameaça abastecimento de oxigênio em Patos e Secretaria de Saúde transfere pacientes por precaução

Até o final da manhã desta terça-feira, um caminhão extra, carregado no Cabo de Santo Agostinho, em Suape (PE), chegará em Patos para realizar o reabastecimento na unidade.

Foram usadas nove ambulâncias para transferir os pacientes (Foto: Reprodução)

Por

No início da manhã desta terça-feira (25) nove pacientes com Covid-19 que estavam internados no Complexo Hospitalar Regional Deputado Jandhuy Carneiro de Patos (CHRDJC) precisaram ser transferidos, de forma preventiva, para os Hospitais de Trauma e de Clínicas, em Campina Grande. As transferências ocorreram para diminuir o consumo de oxigênio na unidade, após um caminhão que faria o abastecimento do insumo hospitalar, tombar em Minas Gerais, na noite dessa segunda-feira (24).

Devido ao acidente, o abastecimento de oxigênio do hospital atrasou e, para evitar que houvesse falta do insumo, foi providenciada a transferência dos pacientes. Inicialmente foi divulgado que 10 pacientes seriam transferidos, mas a Secretaria de Saúde da Paraíba informou em nota que foram apenas nove.

Para assegurar o encaminhamento dos pacientes de forma segura foi feito um mutirão, que reuniu profissionais do Hospital de Clínicas, Hospital de Trauma de Campina Grande e toda a equipe de saúde do setor Covid-19 do Hospital Regional de Patos. Foram usadas nove ambulâncias. Seis pacientes foram encaminhados para o Hospital das Clínicas três para o Hospital de Trauma de Campina Grande. No total são dois pacientes que se encontravam hospitalizados em UTI e sete pacientes em enfermarias. Todos apresentam estado de saúde estável.

Para que não faltasse oxigênio na unidade, foi feito o aporte de cilindros extras. O hospital tinha 20 torpedos, conseguiu mais 15 torpedos e ainda recebeu mais 50, vindos de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Até o final da manhã desta terça-feira, um caminhão extra, carregado no Cabo de Santo Agostinho, em Suape (PE), chegará em Patos para realizar o reabastecimento na unidade de saúde.

“Até o presente momento a situação é absolutamente estável, o hospital dispõe de 80 cilindros de reserva para suporte e segurança da operação, até o reabastecimento da unidade, que deve ocorrer até o final da manhã. Para garantir celeridade no percurso, a Secretaria de Estado da Saúde providenciou junto à Polícia Rodoviária Federal a escolta do transporte de oxigênio”, esclareceu Daniel Beltrammi, Secretário Executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Morre, vítima de infarto aos 69 anos, médico cirurgião do Hospital de Trauma de Campina Grande, Júlio César Costa

Brasil registra 473 mortes por Covid em 24 h e mais de 18 mil casos

Campina Grande segue vacinação nesta terça-feira com pessoas a partir de 31 anos

Estado registra 9 mortes, 132 novos casos e 26% de ocupação dos leitos Covid-19; total de mortos ultrapassa 9 mil na Paraíba