Orientação

Acidente em academia do Ceará acende alerta e personal trainer em João Pessoa dá dicas sobre os cuidados no treino

O personal trainer Diego Toledo, que é um profissional credenciado no Conselho Regional de Educação Física, orientou para os cuidados na hora de utilizar os equipamentos.

Acidente em academia do Ceará acende alerta e personal trainer em João Pessoa dá dicas sobre os cuidados no treino

Diego Toledo é personal trainer paraibano credenciado no Conselho Regional de Educação Física. — Foto:Reprodução/Arquivo Pessoal

Imagine a cena. Você vai fazer um exercício de musculação e de repente o aparelho cai por cima de seus ombros deixando consequências sérias, como a realização de uma cirurgia e até a possibilidade de não andar mais. Isso aconteceu com um aluno de uma academia no Ceará e acendeu o alerta, em todo o Brasil, para os cuidados que se deve ter na hora do treino. O ClickPB conversou com um especialista que deu dicas de como evitar acidentes como esse.

O personal trainer Diego Toledo, que é um profissional credenciado no Conselho Regional de Educação Física (CREF), orientou para os cuidados na hora de utilizar os equipamentos para evitar qualquer tipo de acidente que possa provocar danos graves ao corpo, como foi o caso ocorrido com o motorista Regilânio da Silva, de 42 anos, em Juazeiro do Norte, no último dia 4 de agosto.

“O alerta que segue é verificar realmente se o equipamento foi travado completamente. Além disso, evitar descansar sentado, deitado ou apoiado no próprio equipamento. Descansem sempre fora das máquinas. Há estudos que mostram que descansar caminhando pode melhorar a sua recuperação entre as séries”, explicou o personal trainer.

Diego Toledo, na entrevista concedida ao ClickPB, também lembrou que todos os equipamentos utilizados nas academias são sinalizados com adesivos que informam sobre os cuidados na hora do uso e chama a atenção para a necessidade de prestar atenção nesses avisos. 

“Pode-se reparar que cada equipamento possui um adesivo com instruções de uso e também com algumas advertências a possível mal uso. Antes de utilizar algum aparelho é importante saber o que deve ser feito antes, durante e após o exercício”, explicou. 

As orientações servem também, e principalmente, para os responsáveis pelas academias. “As manutenções devem ser feitas, periodicamente, por profissionais especializados em cada tipo de equipamento. Já no dia a dia, o profissional de Educação Física na academia deve vistoriar se os equipamentos estão em boas condições de uso. Alguns pontos que devem ser reparados em equipamentos são: a integridade dos cabos e das roldanas, a lubrificação, a distância entre os equipamentos, a estabilidade do equipamento no solo, os botões de desligamento e as manivelas de travamento”, pontuou.

Na conversa como ClickPB, o personal trainer Diego Toledo chamou atenção, também, para a atuação de profissionais qualificados nas academias. “A prescrição e a supervisão do profissional de Educação Física são importantes a quem deseja potencializar resultados e minimizar os riscos de lesões ou de acidentes. Além disso, como profissional da saúde, ele deve está capacitado a atuar com os primeiros socorros na academia”, finalizou.

Máquina “hack squat”

No caso do aluno vítima do acidente na academia do Ceará, a máquina que o atingiu é a chamada “hack squat”. O personal trainer Diego informou como é o funcionamento dela e a importância de perceber bem se o equipamento está travado.

“Como no caso da máquina articulada para Agachamento Apoiado – conhecida também como Hack Squat Articulado – é projetada para trabalho de membros inferiores. Antes [do treino] o praticante sobe com os pés em cima na plataforma inclinada. Em seguida, apoia as costas no estofado e encaixa a parte superiores dos ombros. Para destravar o equipamento o praticante realiza uma subida e puxa uma manivela que está na lateral. Ao soltar a manivela, a máquina fica destravada. Antes de iniciar, o praticante deve segurar o par de punhos que está na lateral superior do apoio nos ombros, e assim o equipamento pode ser utilizado”, detalhou ao ClickPB.

As recomendações seguem para o momento em que o equipamento é usado e também logo após o encerramento do exercício. “É desejável, durante a execução do exercício, que o praticante mantenha preservadas as curvaturas fisiológicas da coluna vertebral apoiadas no estofado, bem como o alinhamento dos joelhos aos pés e a dissipação da carga na planta dos pés encostadas na plataforma. Depois: ao finalizar, o praticante, com uma das mãos puxa de volta a manivela de trava, enquanto desce – agachando – alguns centímetros até encontrar o suporte de travamento do equipamento”, ressaltou. 

COMPARTILHE

Bombando em Saúde

1

Saúde

Dia D de vacinação em João Pessoa tem postos abertos neste sábado até as 21h

2

Saúde

Ministério da Saúde alerta para aumento de casos da febre Oropouche; 13 estados notificaram doença

3

Saúde

Paraíba realiza Dia D de vacinação contra gripe amanhã; imunizante está liberado para toda população

4

Saúde

Vacina contra câncer de pele está nos últimos testes: veja quem vai poder tomar

5

Saúde

Sancionada lei que institui a política de prevenção e tratamento de Endometriose na Paraíba