Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Não para

Após suspensão da Astrazeneca, vacinação de gestantes segue com imunizante da Pfizer na Paraíba

A recomendação da Anvisa foi para suspender a vacinação de gestantes com o imunizante da Astrazeneca, após uma grávida morrer no Rio de Janeiro, depois de ter tomado a vacina.

Gestantes estão sendo vacinadas com imunizante da Pfizer em João Pessoa e Campina Grande (Foto: Reprodução)

Por

A vacinação de gestantes e puérperas contra a covid-19 não deve ser interrompida na Paraíba, mesmo com a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para suspender a aplicação da vacina da Astrazeneca em grávidas, conforme informou ao ClickPB o secretario de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros. Isso porque as gestantes estão sendo vacinadas com o imunizante da Pfizer em João Pessoa.

A recomendação da Anvisa foi para suspender a vacinação de gestantes com o imunizante da Astrazeneca, após uma grávida morrer no Rio de Janeiro, depois de ter tomado a vacina. O caso é investigado pelo Ministério da Saúde, que está reavaliando a vacinação de gestantes sem comorbidades.

Geraldo Medeiros explicou que a cautela é normal e a vacinação deve ficar suspensa enquanto a investigação ocorre. O Ministério deve descobrir se a morte teve relação com a vacina. O secretário de Saúde destacou que a vacina da Pfizer é a única que passou por testes em gestantes e é a que vem sendo usada para este público em João Pessoa.

Por enquanto, apenas a Capital está vacinando gestantes com e sem comorbidades. Campina Grande também já vacina gestantes, mas apenas as que possuem comorbidades. Para isso, a vacina usada também é a da Pfizer.

A Paraíba recebe nesta terça-feira (11), às 15h, mais uma remessa de vacinas da Pfizer, com 19.890 doses. Elas serão distribuídas para os municípios de Cabedelo, Campina Grande e João Pessoa, que são os únicos com condições técnicas de receber a vacina neste momento.

Ao serem enviadas aos estados, as vacinas estarão expostas à temperatura de -20°C. Nas salas de vacinação, onde a refrigeração é de +2 a +8°C, as doses precisam ser aplicadas em até cinco dias.

Geraldo Medeiros afirmou que outros municípios vêm passando por treinamento para terem condições de, em breve, começar a receber esse tipo de imunizante também. ''Pelo menos as cidades maiores'', disse.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Morre, vítima de infarto aos 69 anos, médico cirurgião do Hospital de Trauma de Campina Grande, Júlio César Costa

Brasil registra 473 mortes por Covid em 24 h e mais de 18 mil casos

Campina Grande segue vacinação nesta terça-feira com pessoas a partir de 31 anos

Estado registra 9 mortes, 132 novos casos e 26% de ocupação dos leitos Covid-19; total de mortos ultrapassa 9 mil na Paraíba