Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Secretaria confirma

Paraíba confirma primeiro caso de coronavírus; homem de 60 anos viajou à Europa

O paciente foi atendido pela rede privada, esteve em isolamento domiciliar e já está fora do período de contaminação da doença.

O secretário Geraldo Medeiros desmentiu em entrevista a informação que chamou de 'boato' de que estaria havendo subnotificação dos casos de coronavírus no estado. (Foto: Divulgação)

Por

A Paraíba tem o primeiro caso confirmado para coronavírus. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu, na tarde desta quarta-feira (18), o exame que confirmou esse primeiro caso de Covid-19 no estado. O paciente é um homem de 60 anos que mora em João Pessoa e que viajou para Europa, com retorno ao Brasil no dia 29 de fevereiro.

Segundo a SES, o paciente foi atendido pela rede privada, esteve em isolamento domiciliar e já está fora do período de contaminação da doença.

Em relação ao caso de uma mulher de 39 anos, que morreu na madrugada desta quarta-feira, no Hospital Universitário Nova Esperança (HUNE), em João Pessoa, a Secretaria de Saúde informa que a paciente foi notificada como um dos casos suspeitos até o momento de Covid-19. O material para teste foi colhido e no momento a SES aguarda o resultado dos exames. A paciente apresentava comorbidades, ou seja, presença de mais de uma ou de várias doenças na mesma pessoa.

A Paraíba tem 97 notificações de casos suspeitos, sendo 1 confirmado, 16 descartados e 80 com espera do resultado da análise dos exames pelo Instituto Evandro Chagas,  em Belém-PA, referência regional. Todos os exames são realizados seguindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Subnotificação

O secretário de Estado da Saúde, da Paraíba, Geraldo Medeiros, desmentiu, em entrevista na tarde desta quarta-feira, a informação que chamou de 'boato' de que estaria havendo subnotificação dos casos de coronavírus no estado. Segundo ele, o sistema de saúde está preparado com todo o suporte necessário para identificar e tratar os casos.

O secretário explicou que, desde o dia 21 de fevereiro, há um planejamento estratégico que contempla todos os cenários possíveis. “Temos 590 respiradores que podem ser remanejados e oito ondas que podem ser disparadas, paulatinamente, com 30 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI, distribuídos de acordo com a demanda e que serão disparados, novamente, quando 50% dos leitos estiverem ocupados. Temos 250 leitos de UTI."

Em relação à disponibilidade de coleta de material e exames, o secretário disse que "temos os técnicos de vigilância em saúde da Secretaria e um posto de coleta no Juliano Moreira, criado nesta terça-feira (17), obedecendo ao protocolo do Ministério da Saúde."

Geraldo Medeiros foi enfático ao dizer que uma médica espalha pânico. "Infelizmente uma médica destemperada e sem conhecimento propicia o pânico na população. O governo está pronto para enfrentar o coronavírus, inclusive, estamos sendo referência para outros estados nesse combate. Estamos funcionando dentro dos critérios técnicos do Ministério da Saúde", denunciou.

De acordo com ele, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), não realiza coleta indiscriminada de material. "Todos os materiais estão sendo enviados ao Instituto Evandro Chagas, em Belém do Pará e divulgamos os resultados assim que recebemos, pelo sistema, os resultados definitivos", declarou.

"Recomendamos aos pacientes acima de 60 anos, diabéticos, hipertensos, enfisematosos, renais crônicos, cirróticos, com câncer fazendo quimioterapia, portadores de lúpus, artrite reumatóide e aqueles que utilizam corticóides, permanecerem em casa e evitarem aglomerações", orientou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Complexo Hospitalar do município de Patos é referência para o sertão em cirurgia bucomaxilofacial

Campina Grande começou a estabilizar curva de contaminação por coronavírus no início de junho

Número de mortos pela Covid-19 no Brasil passa de 70 mil

Pacientes de outros estados buscam Hospital da Unimed JP para tratamento da Covid-19