Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Vacinação

Idosos a partir de 60 e trabalhadores da saúde seguem sendo vacinados contra Covid-19 e Prefeitura alerta para imunização da 2ª dose em João Pessoa

Estão sendo disponibilizados três postos de imunização do tipo drive thru, nesta quinta-feira (8).

Os idosos a partir de 60 anos e os profissionais de saúde que ainda não tomaram a primeira dose ​contra Covid-19 (Foto: Reprodução)

Por

Os idosos a partir de 60 anos e os profissionais de saúde que ainda não tomaram a primeira dose contra Covid-19, seguem sendo vacinados nesta quinta-feira (08), em João Pessoa. A Prefeitura de João Pessoa também continua focando na aplicação da segunda dose da vacina, para quem já estiver no prazo de receber o reforço.

Estão sendo disponibilizados três postos de imunização do tipo drive thru, nesta quinta-feira (8): Santuário Mãe Rainha (Aeroclube), Igreja Universal do Reino de Deus (Expedicionários) e Espaço Cultural José Lins do Rego (Tambauzinho), das 9h às 15h. 

Já os profissionais de saúde serão imunizados no drive thru do Mangabeira Shopping, com mil vagas agendadas pelo aplicativo Vacina João Pessoa. 

Para evitar filas e aglomeração no momento da vacinação, o ideal é que as pessoas façam o agendamento na plataforma da prefeitura – no site e o aplicativo ‘Vacina João Pessoa’. O cadastro pode ser realizado por meio do aplicativo, que está disponível para smartphones com sistema Android e IOS, ou por meio do site. A data de vacinação será informada por mensagem no celular, via SMS.

Balanço — Nesta quarta-feira (7) foram aplicadas 2.901 doses da vacina contra a Covid-19. Desse total, 1.340 são referentes à primeira dose e 1.561 do complemento. Até o momento, já foi aplicado um total de 136.234 doses do imunizante na Capital, sendo 114.142 da primeira dose e 22.092 da segunda dose. 

Documentação – Quem for tomar vacina deve levar documento oficial com foto, cartão do SUS ou CPF e comprovante de residência. Os profissionais de saúde devem levar uma cópia da sua carteira de conselho de classe e contrato de trabalho (ou contracheque), além de um comprovante de residência do município de João Pessoa. Para aqueles que vão tomar a segunda dose da vacina é necessário, apenas, apresentar documento oficial com foto e o cartão de vacina Covid.

Transporte gratuito – As pessoas que precisam se deslocar de um bairro a outro para se vacinar podem utilizar o serviço gratuito do aplicativo Uber, parceria da empresa com o Governo do Estado. O código que deverá ser inserido é o VACINAPB e cada usuário só pode inseri-lo uma vez, garantindo a gratuidade para as duas viagens que devem chegar até R$ 25, cada.

Diagnóstico — No Centro de Testagem para Covid-19, instalado na Paróquia São José Operário, no bairro de Cruz das Armas, foram realizados 282 atendimentos nesta quarta-feira (7). Desse total, foram feitos 200 testes SWAB e 82 testes rápidos, com 15 resultados positivos. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h e atende aos moradores da Capital que estejam com sintomas gripais.

Locais de vacinação (08/04)

1ª dose 60+ e 2ª dose (9h – 15h)
– Igreja Universal
– Santuário Mãe Rainha
– Espaço Cultural

Profissionais de Saúde (9h – 15h)
São 1 mil vagas agendadas pelo aplicativo Vacina João Pessoa
- Mangabeira Shopping

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Brasil ultrapassa 20 milhões de pessoas infectadas pela Covid

Saúde da Paraíba distribui mais de 79 mil doses de vacinas contra covid-19 nesta quinta e sexta-feira

Paraíba registra 7 mortes, 872 novos casos e 24% de ocupação dos leitos Covid-19 nesta quarta-feira

Brasil tem cerca de 20% da população totalmente imunizada contra a Covid-19