Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Sputnik V

Ministério da Saúde diz que poderá comprar 10 milhões de doses de vacina russa contra Covid

A posição foi manifestada em reunião com representantes da empresa e o secretário-executivo do ministério, Elcio Franco.

A aquisição está condicionada a um aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para uso emergencial e caso o preço seja "competitivo", aponta. (Foto: Reprodução)

Por

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) — O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira (5) que poderá adquirir 10 milhões de doses da vacina Sputnik V importadas da Rússia por meio do laboratório União Química, que tem uma parceria para oferta do imunizante no Brasil.

A aquisição está condicionada a um aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para uso emergencial e caso o preço seja "competitivo", aponta.

A posição foi manifestada em reunião com representantes da empresa e o secretário-executivo do ministério, Elcio Franco.

"Iremos contratar e comprar as dez milhões de doses, se o preço for plausível, e efetuaremos o pagamento após a Anvisa dar a autorização para uso emergencial da 'Sputnik V', fazendo a disponibilização imediatamente aos brasileiros. E futuramente, a depender dos entendimentos que tivermos com a União Química, interessa-nos também adquirir a produção que a empresa vier a fazer no Brasil dessa vacina", disse o secretário, por meio de nota.

Segundo a pasta, o volume de doses se baseou em um documento apresentado pelo Instituto Gamaleya, onde a vacina é fabricada, e enviado ao ministério.

O cronograma encaminhado pelo instituto estima o envio 400 mil doses uma semana após assinatura do contrato de compra. Outros 2 milhões de doses estariam no Brasil um mês depois e mais 7,6 milhões nos dois meses seguintes, informa.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2022 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Jovens de 12 a 17 anos podem participar de testes de vacina contra chikungunya; saiba como

Imunização contra Covid-19 em João Pessoa segue nesta segunda-feira em vários pontos

Tecnologia da vacina contra a covid-19 é estudada para HIV e câncer

Varíola dos macacos: 2,9 mil casos são investigados em 8 centros do SUS; entenda como está a testagem no país