Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Pandemia

Paraíba estabiliza número de mortes por Covid-19, mas secretário alerta: "se a retomada for desregrada, vai atrapalhar"

A Secretaria de Saúde mostra que há estabilidade dos casos de óbitos pela doença nos últimos 15 dias. "É uma estabilidade, inclusive, abaixo da média móvel", relatou ao ClickPB, Daniel Beltrammi.

A Paraíba registrou 324 novos casos e 18 mortes, até a noite de segunda-feira, sendo cinco óbitos ocorridos ontem, conforme dados. (Foto: Secom-PB/Arquivo)

Por

A Paraíba é um dos nove estados com estabilidade no número de mortes por Covid-19 no Brasil, nas últimas 24 horas. Segundo dados do consórcio de veículos de imprensa, tanto a Paraíba como os estados de Pernambuco, Piauí, Alagoas, Sergipe, Bahia, Maranhão, Espírito Santo e São Paulo estão com número estável de óbitos.

Houve alta no registro de mortes no Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Tocantins e Ceará.

Há queda no número de óbitos pela Covid-19 no Rio de Janeiro, Acre, Amapá, Pará, Roraima, Amazonas e Rio Grande do Norte.

Os dados foram divulgados no Jornal Nacional, nessa segunda-feira (13). As informações são coletados juntamente com as Secretarias Estaduais de Saúde.

O secretário Executivo de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, conversou com o ClickPB na tarde desta terça-feira (14) e informou que o levantamento do consórcio de veículos de imprensa é diferente do que é feito pela Secretaria de Saúde da Paraíba. Mas que há, sim, estabilidade no número de mortes por Covid-19. A diferença é que o JN divulgou números das últimas 24 horas, até a noite de ontem. Já a SES-PB mostra que há estabilidade dos casos de óbitos pela doença nos últimos 15 dias. "É uma estabilidade, inclusive, abaixo da média móvel", relatou ao ClickPB, Daniel Beltrammi.

Em relação à retomada do comércio e serviços em diversos municípios por causa da mudança de bandeiras de classificação da flexibilização, o secretário executivo declarou que "se a retomada for desregrada, vai atrapalhar" o combate ao novo coronavírus e pode superlotar os leitos destinados ao tratamento das vítimas da Covid-19.

"As pessoas precisam entender que a pandemia não acabou", enfatizou o secretário Daniel Beltrammi.

Segundo o consórcio de veículos de imprensa (formado por G1, O Globo, Extra, O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e UOL), até a noite de ontem (13), o Brasil tinha 770 mortes por Covid-19 em 24 horas e o total de 72.921 óbitos.

A Paraíba registrou 324 novos casos e 18 mortes, até a noite de segunda-feira, sendo cinco óbitos ocorridos ontem, conforme dados.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Paraíba confirma 667 novos casos de Covid-19 em 24h; total de mortos chega a 2.816 e 120 mil infectados

Mesmo com números da covid-19 em queda, secretário de Saúde diz que flexibilização do isolamento não deve avançar mais na Paraíba

'Cansei de ter que escolher a quem dar um leito', diz médico após ser apedrejado por familiares de vítima de Covid-19

Nove de cada dez pacientes curados da covid-19 apresentam efeitos colaterais